Náutico vence Guarani e se mantém 100% na Série B
Foto: Celso Congilio/Guarani FC

Na noite dessa sexta-feira (11), o Náutico visitou o Guarani no Brinco de Ouro na abertura na terceira rodada da Série B. Venceu por 3 a 1 fazendo um segundo tempo excelente, essa foi a terceira vitória do Timbu em três rodadas, garantindo o 100% de aproveitamento.

  • Equilíbrio

Jogo começou bem favorável ao Náutico que foi bem agressivo sem bola, marca num bloco bem alto com encaixes bem definidos, porém não conseguiu transformar isso em chances.

Guarani aproveitou da queda do adversário e começou a se soltar e buscou através de Carlão muito passes verticais para Bidu ou Júlio Cesar que era colocados em situação de um contra um com Diogo Hereda mas não partiam pro fundo, buscando o ataque ao funil que estava de desprotegido. Conseguiram criar algumas chances porém concluíram mal.

Quando Regis entrou no jogo o Bugre progrediu, usou bem os espaço a suas costas pra ganhar tempo e espaço e bom domínio orientado. Outro ponto foi Matheus Davó atacando as costas da ultimas linha, embora tenha gerado poucas chances, e um movimento a se prestar atenção.

  • Náutico mostra consistência e toma as rédeas da partida

Na segunda etapa o Timbu voltou mordendo na saída e dessa vez mostrou mais eficiência. Logo aos 4 minutos, Kieza e Jean Carlos executam o gatilho de pressão o que obriga Bruno Silva tentar sair com passe longo, Erick intercepta  toca pra Jean Carlos que avança e deixa Vinicius na cara do gol pra abrir o placar. Logo depois o Guarani deu resposta, com 10 minutos Bidu recebe passe na esquerda e toca pra Regis que dribla o zagueiro e empata o jogo.

Náutico também responde rápido e aos 15 minutos da etapa final passa novamente a frente do placa, após cobrança de escanteio, a defesa afasta mal e a bola sobra pra Kieza que estufa a rede. Aos 18 minutos Erick tenta uma finalização e Rodrigo Andrade bloqueia com um toque de mão e o arbitro marca pênalti, o próprio atacante bate e converte, ampliando o placar.

Aos 35 da segunda etapa rola uma confusão e o arbitro expulsa o atacante Júlio Cesar que estava sendo substituído e o Bugre fica dez jogadores em campo. Depois disso o Náutico apenas administrou a vantagem.

  • O que vem por aí?

O Náutico volta a campo na terça (15) contra o Vila Nova pela quarta rodada da competição, a partida está marcada para os Aflitos as 19h. Já o Guarani visita o CSA no mesmo dia e horário no Rei Pelé.

VAVEL Logo