Atlético-MG e Cruzeiro decidem título do Mineiro em jogo único
Foto: Pedro Souza/Atlético

Neste sábado (02), Atlético-MG e Cruzeiro se enfrentam pela decisão do Campeonato Mineiro, às 16h30 no Mineirão. Partindo de uma modificação no regulamento, este ano a final será decidida em jogo único e qualquer resultado igual, a partida será levada para as penalidades.

Tabus a serem quebrados

Depois de quatro anos, o Mineirão volta a receber um clássico entre os dois maiores clubes do estado, com torcida dividida. Serão 27.286 ingressos para cada equipe, num total de 54.572. Mesmo a capacidade do estádio sendo superior ao número total da carga disponibilizada, parte dos setores laterais (vermelho e roxo) terão um espaço de segurança, com seguranças e policiamento para evitar possíveis confrontos entre os torcedores. 

O Atlético, enfrenta o Tabu de não ter ganho um clássico ainda, desde a reinauguração do Mineirão pós-reforma. Foram duas partidas, sendo uma delas em 2013, com vitória celeste por 2 a 1, e a outra em 2017, novamente vitória celeste, desta vez por 1 a 0.

Já o Cruzeiro, enfrenta o Tabu de nunca ter vencido um título estadual sob o comando de um estrangeiro. Em comparação ao seu rival, são oito títulos sendo comandado por estrangeiros. Portanto, teremos um duelo entre os estrangeiros, na busca de confirmar a hegemonia alvinegra, ou então, o início de uma nova era celeste.

Prováveis equipes

Foto: Pedro Souza/Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético

Este ano, as duas equipes se enfrentaram apenas em uma oportunidade, durante a fase de classificação. Na oportunidade, o Galo levou a melhor, ao vencer de virada por 2 a 1.

Depois disso, o Galo passou pela Caldense nas semifinais com força máxima no primeiro jogo e com uma equipe mesclada no segundo. Hulk cumpria suspensão pelo terceiro amarelo, mas já está disponível para o Turco. Quem ainda não está à disposição, é Dodô e Echaporã (lesionados).

Com isso, um provável Atlético-MG para o confronto, seria: Éverson; Guga (Mariano), Nathan Silva, Réver (Godín), Guilherme Arna; Jair, Allan e Nacho; Zaracho, Keno e Hulk.

Foto: Pedro Souza/Atlético
Foto: Pedro Souza/Atlético

Apesar da derrota para o Atlético no primeiro clássico da temporada, a equipe de Pezzolano se comportou muito bem e fizeram uma bela partida.

Depois disso, o clube celeste acabou enfrentando o Athletic nas semifinais, onde venceu sem grandes dificuldades as duas partidas, podendo testar algumas variações de estilo de jogo. O treinador só não poderá contar com Giovanni e Marco Antonio.

Com isso, um provável Cruzeiro seria: Rafael Cabral; Rômulo, Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira, Fernando Canesin e João Paulo; Waguininho, Vitor Roque e Edu.

Arbitragem e transmissão

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima
Auxiliar 1: Guilherme Dias Camilo
Auxiliar 2: Celso Luiz da Silva
VAR: Emerson de Almeida Ferreira

VAVEL Logo