Atlético-MG e Athletico começam a decidir Copa do
Brasil 2021
Foto: Pedro Souza/Atlético-MG

Atlético-MG e Athletico-PR se enfrentam neste domingo (12), no Mineirão, às 17h30. O duelo é válido pelo jogo de ida da final da Copa do Brasil. O Galo chegou à decisão após eliminar o Fortaleza e o Furacão passou pelo Flamengo na fase anterior.

Ao todo, foram 59 jogos entre as equipes, com pequena vantagem para o Atlético-MG. Visto que foram 25 vitórias, contra 22 do Athletico-PR. Além disso, houve 12 empates. O último duelo ocorreu em 16 de novembro deste ano, na Arena da Baixada, pela 33ª rodada do Brasileirão. O Galo venceu, por 1 a 0, com gol de Matías Zaracho.

Nathan Silva é o único desfalque no Atlético-MG

O Galo começou a caminhada eliminando o Remo, na terceira fase. Foram duas vitórias, por 2 a 0 e 2 a 1. Em seguida, o adversário foi o Bahia. Os mineiros venceram, por 2 a 0, na ida. Na volta, a derrota, por 2 a 1, não impediu a classificação. Nas quartas, o Atlético-MG passou pelo Fluminense com duas vitórias, por 2 a 1 e 1 a 0. E na semifinal, o adversário foi o Fortaleza. Na ida, goleada, por 4 a 0, e na volta, vitória, por 2 a 1.

Do time considerado titular, o técnico Cuca não poderá contar apenas com Nathan Silva. Já que o zagueiro disputou a competição pelo Atlético-GO. Seu substituto deve ser Réver. Mas, por questões físicas, Igor Rabello pode ser o escolhido. Já o resto da equipe deve ser a mesma. Com Hulk e Keno na frente.

Provável escalação: Everson; Mariano, Réver (Igor Rabello), Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho Fernández; Hulk e Keno.

Renato Kayzer está à disposição no Athletico-PR

O Furacão também começou na terceira fase, quando eliminou o Avaí, com um empate, em 1 a 1, e uma vitória, por 1 a 0. Na sequência, deixou o Atlético-GO pelo caminho. Na ida, vitória, por 2 a 1, e na volta, empate, em 2 a 2. O adversário nas quartas de final foi o Santos e o Athletico-PR venceu os dois jogos, ambos por 1 a 0. Já na semifinal os paranaenses passaram pelo Flamengo, com um empate, em 2 a 2, e uma vitória, por 3 a 0.

Recuperado de lesão no tornozelo esquerdo, o atacante Renato Kayzer está confirmado na decisão. No entanto, há a possibilidade de começar no banco. Com isso, Pedro Rocha seria o titular. Por outro lado, o lateral-direito Khellven está fora. Posto que foi expulso na semifinal e cumpre suspensão automática.

Provável escalação: Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nico Hernández; Marcinho, Erick, Léo Cittadini e Abner Vinicius; Nikão, David Terans e Kayzer (Pedro Rocha).

Arbitragem

O árbitro Bruno Arleu de Araújo (RJ) comanda a partida. Seus assistentes serão Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Fabrício Vilarinho da Silva (GO). O responsável pelo VAR será Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

VAVEL Logo