Após frango de Diego Loureiro, Botafogo marca no fim e arranca empate contra Atlético-GO
Foto: Vitor SIlva/ BFR

Neste domingo (24), em jogo válido pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro, o Botafogo foi até o estádio Antônio Accioly, em Goiânia, enfrentar o Atlético-GO na busca pela segunda vitória na competição. Com falha do goleiro Diego Loureiro e gol contra no último minuto, o jogo na capital de Goiás terminou em 1 a 1.  

Primeiro tempo abaixo e estreia de Victor Cuesta

O primeiro tempo foi de pouca inspiração para ambos os times. O time carioca teve mais a posse da bola enquanto o time da casa buscava os contra-ataques e as jogadas de bola parada. 

As melhores jogadas do Botafogo eram pela direita com a construção de Oyama e as infiltrações por dentro de Saravia. O Dragão chegava de forma perigosa com Léo Pereira pelo lado esquerdo de ataque.

Aos 35 minutos, o zagueiro Kanu sentiu a posterior da coxa esquerda e o técnico Luís Castro acabou promovendo a estreia do argentino Victor Cuesta - novo reforço do clube vindo do Internacional. 

Nos acréscimos, pelo lado do time mandante, o volante Edson também sofreu uma lesão e deu lugar para Gabriel Baralhas. Foi a primeira mudança do técnico Louzer. 

Os dois times foram ao vestiário com apenas oito finalizações nos primeiros 45 minutos de bola rolando.

Falha de Diego Loureiro e dois gols anulados do Botafogo

A segunda etapa já começou bem mais movimentada. Os dois minutos iniciais já obrigou os dois goleiros a trabalharem de forma efetiva . 

Após passe errado Diego Loureiro, aos 5 minutos, Marlon Freitas recebeu na intermediária, que chutou rasteiro e o arqueiro alvinegro deixou a bola passar entre as pernas.  Esse foi o quinto gol de Marlon na atual temporada. 

Após o gol, o técnico Luís Castro mexeu na equipe promovendo as entradas de Chay e Patrick de Paula nos lugares de Piazon e Lucas Fernandes,  com intuito de dar mais energia ao meio- campo do Botafogo. 

Aos 27 minutos, Victor Sá fez grande jogada e a bola bateu no braço no defensor goiano. O árbitro Luiz Flávio de Oliveira chegou a marcar a penalidade, mas teve o auxílio do VAR.

Ainda insatisfeito com a produção ofensiva, o técnico português colocou o jovem Matheus Nascimento  e Diego Gonçalves nos lugares de Oyama e Sauer.  A equipe ficou com o ataque formado por Nascimento e Erison.

O Fogão teve mais um gol invalidado aos 42 minutos.  Após chute de Chay dentro da área vindo de um escanteio, a arbitragem marcou impedimento de Diego Gonçalves anulando mais um gol do Botafogo.

Gol contra no último minuto decide jogo

Aos 50 minutos, após cruzamento de Renzo Saravia pela direita, a bola bateu em Leandro Barcia que jogou contra o próprio gol. O Botafogo conseguiu o empate no último minuto e somou 1 ponto fora de casa.

Classificação e próximos compromissos


O Botafogo ocupa a 11ª colocação no campeonato, com quatro pontos.  Já o Dragão, ainda sem vencer  segue na zona de rebaixamento em 17º lugar, com dois. 

O Glorioso volta a campo no próximo domingo (1) onde irá encarar o Juventude, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. E no sábado (30), o Dragão viaja até Cuiabá para enfrentar o Dourado. Antes, porém, o Atlético entra em campo pela Sul-Americana diante do Antofagasta, fora de casa, na quarta-feira (27), às 21h30.

VAVEL Logo