São Paulo vence Ceará nos pênaltis e garante vaga na semi da Sul-Americana
Foto: Divulgação / São Paulo F,C

Foi sofrido e com emoção, mas no final tudo deu certo para o Tricolor Paulista. O São Paulo desbancou o Ceará nas penalidades e está classificado para a semifinal da Copa Sul Americana de 2022. O Mais Querido foi derrotado por 2 a 1 pela equipe cearense no tempo regulamentar e nas cobranças da marca da cal, Felipe Alves defendeu a primeira cobrança, contando também com o Vina isolando e nas alternadas Patrick carimbou a vaga. 

  • Mendoza coloca o Alvinegro na frente

Precisando de um gol para ir pelo as penalidades, o Ceará começou com tudo, partindo para cima do adversário. A chance inicial veio com o Mendonza, o ponta passou pela defesa na esquerda da grande área e tentou no canto de Felipe Alves que afastou com uma mão o perigo. A partir dos dez minutos que o Tricolor acordou para a partida e aos 20, a melhor oportunidade até o momento. O lateral Igor Vinicius avançou pela direita, tirou o marcador e ajeitou em direção ao Calleri que emendou de primeira e mandou rente à baliza direita. 

O tempo foi passando e a peleja ficou equilibrada com finalizações de ambos os lados. Primeiramente com o Miranda que em jogada ensaiada no escanteio, cabeceou para fora. Depois foi equipe alvinegra que até colocou a bola na rede com o Lima, mas ele estava na banheira e foi marcado o impedimento.

No entanto quando tudo levava a crer que o placar seguiria inalterado, Mendoza resolveu colocar o Vovô na frente. Em uma bom lance de Richardson, ele invadiu a área e fez um levantamento cirúrgico para o colombiano que de cabeça mandou em direção a meta, terminando a primeira etapa com a vantagem para os donos da casa.

  • São Paulo empata, mas Lima faz o gol da vitória e leva tudo para os pênaltis

Em desvantagem no marcador, o treinador  Rogério Ceni resolveu mexer no plantel colocando o Gabriel Neves e Rodrigo Nestor. Com essas substituições o São Paulo voltou do intervalo mais aceso e logo com nove minutos empatou a parada. Em um gol com assinatura de Igor Vinícius, ele começou a jogada tocando para o Calleri que tabelou com o Nestor e o centro avante serviu o próprio Igor Vinicius que de carrinho tocou na saída de João Ricardo, deixando tudo igual, 1 a 1.

A partir desse momento que o Vozão foi para o tudo ou nada e aos 17 aproveitou mais uma bobeada da defesa são paulina. Em cruzamento pela esquerda, o volante Wellington afastou mal e a bola acabou sobrando para o Castillo que na meia lua bateu no cantinho, sem chance para o Felipe Alves, 2 a 1.

Após o desempate só deu os cearenses e na principal chance, Mendonza desperdiçou. Ele recebeu na entrada da área, girou e chutou, a bola passou perto do poste direito. Foi assim até o final da partida, uma verdadeira pressão do Vovô que tentava decidir a classificação logo no tempo normal, mas de nada adiantou, diante disso só restava as penalidades.

A primeira batida foi com o Yuri Castilho e já começou desperdiçando. Ele bateu no canto esquerdo e Felipe Alves defendeu. Após o erro, Calleri converteu para a equipe alvinegra. Victor Luiz para os tricolores. Porém quando chegou na vez de um dos melhores jogadores em campo, Igor Vinícius, a trave parou, ele mandou no poste esquerdo. Logo em seguida, Peixoto e Erik acertaram, junto com o Luciano e Diego Costa. 

Nas quinta série de batidas, o craque alvinegro Vina foi para a sua cobrança e conseguiu mandar na lua. No entanto quando era para decidir Igor Gomes bateu mal e João Ricardo pegou, ficando tudo igual novamente. Nas primeiras das alternadas, Fernando Sobral iniciou mandando para fora, então novamente o Tricolor tinha chance de matar o confronto agora com o Patrick. Ele foi para decidir e não decepcionou, chutou forte no canto direito e colocou o São Paulo na semi, calando os quase 40 mil torcedores no Castelão.

VAVEL Logo