Cuiabá consegue gol no fim, confirma retrospecto contra Avaí e deixa o Z-4
Foto: Divulgação/Ascom Dourado

Em duelo decisivo na luta conta o rebaixamento, o Cuiabá bateu o Avaí por 1 a 0, com gol de Pepê aos 46 do segundo tempo, e deixou o Z-4. A partida disputada na Arena Pantanal foi válida pela 34ª rodada do Brasileirão 2022. Este foi o quarto confronto entre as equipes na história, e a quarta vitória do Dourado.

Poucas emoções

A primeira etapa foi de maior posse de bola do Avaí, mas de mais produção do Cuiabá, que fez várias mudanças em relação à derrota para o Goiás. No geral, porém, as duas equipes foram pouco agressivas. O Dourado criou algumas boas jogadas pelo meio em algum momento do jogo e teve mais objetividade, enquanto o Leão trocou mais passes em posições neutras do campo.

Aos 21, Pepê limpou bem na entrada da área e assistiu André Luís, que chutou cruzado e mandou muito perto da trave de Gledson. Do lado do Avaí, Eduardo deu dois chutes na direção do gol que deram trabalho para Walter.

Com muitos erros de passe e também insegurança, o jogo passou por um momento de poucas chances e impaciência da torcida do Dourado. Só na reta final do primeiro tempo, com boas trocas de passes em velocidade, que o Cuiabá conseguiu assustar. Aos 44, Pepê recebeu de Felipe Marques e cruzou com categoria, mas Rafael Gava não alcançou no alto. No rebote, Felipe Marques arriscou da entrada da área e parou em Gledson.

Avaí empilha chances; Dourado é fatal

O início da segunda etapa teve as duas equipes se arriscando um pouco mais. Aos 6, Kevin cruzou da direita, Empereur tocou contra e mandou contra o próprio gol, mas Walter salvou o Dourado. A resposta do Cuiabá veio aos 14, quando Felipe Marques rolou na entrada da área e André Luís chegou batendo, mas carimbou a trave do Avaí.

Depois disso, o jogo caiu em ritmo novamente, com muitos erros de passes e só voltou a crescer após as alterações efetuadas por António Oliveira e Fabrício Bento, interino que substituiu o demitido Lisca.

Se lançando para o ataque, o Cuiabá passou a ser mais vulnerável e deixou espaços para o Avaí, que teve uma série de chances para abrir o placar após as mudanças no ataque. Aos 31, Pablo Dyego recebeu de Natanael dentro da área e chutou rasteiro, mas parou em Walter. Na sequência, Rômulo tentou empurrar para o gol e foi bloqueado pelo goleiro.

Aos 39, Bruno Silva recebeu de Pablo Dyego, invadiu a área no meio da defesa do Cuiabá e saiu na cara do gol, mas chutou fraco e parou em Walter. O camisa 8 teve outra chance aos 44, quando recebeu de Rômulo nas costas da defesa, ganhou de Empereur e finalizou de canhota, mas mandou para fora.

Com sete a dois em finalizações certas e 13 a dez no total, o Avaí parecia mais perto da vitória, que quebraria uma sequência de seis derrotas seguidas, enquanto o Cuiabá, disperso em campo e pressionado pela torcida, parecia perdido. Mas, aos 45, Pepê fez jogada individual, arriscou de longe e tirou um lindo chute da cartola para definir a vitória do Dourado: 1 a 0.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória, o Cuiabá sobe para 34 pontos e assume a 16ª colocação, empurrando o Ceará para o Z-4. Já o Avaí, que sofre a sétima derrota seguida, praticamente tem seu rebaixamento decretado, com 28 pontos, na 19ª colocação.

O Cuiabá joga no sábado (29) contra o Costa Rica-MS, em casa, pela Copa Verde, provavelmente com um time bem alternativo. O foco é no Brasileirão, onde o Dourado encara o Botafogo, no Nilton Santos, na terça-feira (1º), às 19h. Já o Avaí recebe o RB Bragantino na quarta-feira (2), às 19h. Partidas no horário de Brasília.

VAVEL Logo