Avaí busca empate contra Santos em Barueri, mas não evita rebaixamento antecipado
Foto: Divulgação/Santos FC

Santos e Avaí ficaram no 1 a 1 neste sábado (5) e saíram frustrados da Arena Barueri após jogo válido pela 36ª rodada do Brasileirão 2022. O resultado deixou o Peixe longe da briga por vaga à Libertadores e ainda decretou o rebaixamento do Leão. Marcos Leonardo, de pênalti, e Raniele fizeram os gols da partida.

O Santos é o único time que não venceu o Avaí no Brasileirão - no primeiro turno, o Leão venceu por 1 a 0.

Gol no início dá vantagem ao Peixe

Logo no primeiro minuto do jogo, Marcos Leonardo tentou jogada individual e caiu dentro da área após dividida com o estreante Wellington. O juiz mandou seguir inicialmente, mas, depois de checagem no VAR, marcou pênalti. Marcos Leonardo cobrou no canto esquerdo, Vladimir chegou a tocar na bola, mas não evitou o gol: 1 a 0.

Apesar do gol logo no início, porém, o Santos não fez um grande primeiro tempo. O Peixe finalizou apenas duas vezes na partida e, apesar de sete mudanças e da péssima fase, o Avaí chegou bem mais, com seis chutes.

Depois de superar o susto inicial, o Avaí melhorou, passou a ter mais a bola - o Santos chegou a ter 72% de posse no primeiro tempo e terminou a etapa inicial com 55% - e assustou. Aos 33, Bruno Silva puxou contra-ataque pela direita e serviu Marcinho, que cabeceou bem, mas parou em bela defesa de João Paulo.

O Santos só voltou a assustar aos 36, quando Madson quase abriu o placar após cobrança de escanteio de Bruno Oliveira, mas mandou à direita. Apesar de maior presença no ataque, o Avaí não conseguiu buscar o empate antes do intervalo.

Placar igual e ruim para os dois lados

O início da segunda etapa seguiu com predominância do Avaí, que conseguiu duas finalizações antes de empatar aos 5. Raniele recebeu pela esquerda, avançou para dentro da área e chutou cruzado. A bola desviou em Luiz Felipe e enganou João Paulo: 1 a 1.

Após o gol de empate, o Santos tomou mais a iniciativa, mas o Avaí seguiu tendo mais chances. Aos 10, Raniele ficou com o rebote na entrada da área e encheu o pé, mas parou em defesaça de João Paulo.

Aos 19, os auxiliares Fabrício Bento e Marquinhos Santos promoveram mais uma estreia no Avaí, do jovem Felipinho, que por pouco não virou o jogo no minuto seguinte. Após arrancada de Raniele para a área, o atacante chutou rasteiro, em cima de João Paulo.

O Santos conseguiu crescer no jogo apenas do meio para a frente do segundo tempo, após uma série de alterações promovidas por Orlando Ribeiro, mas ainda terminou o jogo com menos finalizações e também cedeu espaços para o Avaí, que não conseguiu aproveitar. Aos 30, Ângelo conseguiu ótimo passe para Rwan Seco, que tinha acabado de entrar, e chutou no canto, parando em boa defesa de Vladimir.

Já aos 35, após rebote dentro da área, Ângelo finalizou bem e parou em outra intervenção do goleiro avaiano. Quatro minutos depois, foi a vez de Luan finalizar, agora de média distância, mas novamente Vladimir, ex-Santos, apareceu bem. Apesar da pressão final, o frustrante 1 a 1 prevaleceu.

Resultado ruim para as pretensões do Peixe

Com o empate, o Santos fica com 47 pontos, na 12ª colocação, quatro atrás do São Paulo, oitavo colocado e, no momento, último time na zona de classificação à pré-Libertadores. Faltam apenas dois jogos para o fim do Brasileiro.

O Peixe volta a campo na quinta-feira (10) contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, às 20h.

Quarto rebaixamento seguido

Com a derrota, o Avaí confirma o quarto rebaixamento seguido em participações na Série A, repetindo o mesmo destino que teve em 2011, 2015, 2017 e 2019. O time, que vinha de oito derrotas seguidas, está em penúltimo lugar, com 29 pontos. Cumprindo tabela, o Leão recebe o Ceará na quarta-feira (9), às 19h.

VAVEL Logo