O Palmeiras segue sendo o único invicto do Campeonato Paulista de 2024. Na noite desta quinta-feira (15), o Verdão visitou o São Bernardo, no Estádio Municipal Primeiro de Maio e triunfou sob a equipe do ABC Paulista por 1 a 0.

Fala Abel!

Após conquistar a quinta vitória alviverde no torneio, o técnico Abel Ferreira comentou sobre a atuação palestrina e valorizou o desempenho de Jhon Jhon, que foi tutlar e atuou durante toda a partida no ABC Paulista.

"Jogador que tem um potencial imenso! Jogador que dribla, que assume riscos. E para assumir riscos, vai errar passes. Mas eu digo para fazer isso! Porque quando os passes começarem a entrar... Vai ser um jogador que pode chegar aos melhores do mundo. As vezes custa ser amassado nesse momento", afirmou o português.

Abel também fez questão de enaltecer a participação de Estêvão, que contribuiu com sua primeira assistência na equipe profissional para o tento que deu a vitória ao Maior Campeão do Brasil.

"Já são quantos com 16 ou 17 anos?! Parece fácil... É preciso paciência, é um miúdo que tem potencial tremendo. Temos que ter cuidado. Tudo o que está a volta cria uma pressão. Eu admiro muito o jogador jovem brasileiro. Quando eu sei que a família está esperando ser sustentada por aquilo que o jogador fizer... Eu penso 'se minha filha não tirar 10 na escola, eu não tenho comida para comer'. Não sei qual é a pressão de um miúdo de 16 ou 17 anos que tem a família toda dizendo para jogar bem. Eu tento tirar essa pressão deles", pontuou.

Por fim, o comandante também falou sobre Flaco López. O argentino é o artilheiro do Verdão na temporada, com cinco gols marcados e contribuiu hoje com mais uma bola na rede para manter a invencibilidade palestrina no maior estadual do país.

"É o mesmo jogador que vocês criticavam há cinco ou seis meses... Aqui, as pessoas querem meter a semente e que ela no outro dia germine. Plantam hoje pra colher amanhã. Não é assim que funciona. Ninguém cresce de um dia para o outro. Sabemos o que fomos contratar, o potencial que ele tinha".

"Em relação ao Flaco, já quero colocar gelo. Já disse, é preciso tempo e paciência. Não só pra ele, mas para todos os jovens. Temos o Zé, o Veiga. O Veiga hoje é ídolo, mas já foi amassado, queimaram camisas. Eles tem isso na memória", finalizou.

O Verdão volta a campo neste domingo (18) para um dos jogos mais esperados do estadual. Os comandados de Abel enfrentarão o Corinthians, na Arena Barueri, no Derby válido pela nona rodada da fase de grupos do torneio.