Na noite deste domingo, o estádio Santa Cruz/Arena Nicnet, em Ribeirão Preto (SP), foi palco de um confronto acirrado pela décima rodada do Campeonato Paulista. O Botafogo-SP venceu a Portuguesa por 2 a 1 e resultado, quebra a sequência de 5 jogos sem vencer do Pantera e preocupa a Lusa com a zona de rebaixamento. 

Primeiro tempo disputado entre as equipes:

Aos 15 minutos, o atacante do Pantera, Emerson Ramon, recebe cartão amarelo do árbitro Vinícius Gonçalves Dias Araújo por simular pênalti. Já aos 22, o primeiro cartão da Lusa sai para Tauã por falta em Leandro Maciel. No decorrer do primeiro tempo, o Botafogo-SP pressionou o adversário e buscou oportunidades de abrir o placar.

Aos 26 minutos, Leandro Maciel teve uma chance, mas tentativa acertou a trave com um chute forte. Aos 34 minutos, o Botafogo-SP conseguiu marcar com Douglas Baggio, que aproveitou um cruzamento de Emerson Negueba e cabeceou a bola para balançar as redes.

Segundo tempo de cartões e expulsão:

Na segunda etapa, aos 11 minutos, o Botafogo-SP aumentou a vantagem com um gol de Patrick Brey, que recebeu um passe de Leandro Maciel e finalizou. Aos 35 minutos, a Portuguesa marcou seu gol com Victor Andrade, após uma série de lances na área.

O restante do jogo foi marcado por intensidade, com ambas as equipes buscando marcar. Houve várias faltas e cartões amarelos distribuídos para jogadores de ambos os times. Os jogadores Douglas Borel, Dudu Miraíma, Leandro Maciel, Patrick e Pedro Rodrigues foram advertidos.

A expulsão do técnico da Portuguesa, Pintado, veio aos 50 minutos, por cota de reclamações contra a arbitragem. O Botafogo-SP conseguiu manter sua vantagem até o final, garantindo a vitória por 2 a 1.

Como ficam as equipes no campeonato:

Com o resultado, o Botafogo-SP chega a 11 pontos e continua na lanterna do grupo D, mas com poucas chances de rebaixamento. Já a Portuguesa permanece na segunda posição do grupo A e se prepara para enfrentar o Santos.