Leandro Carvalho mostra motivação em chegada ao Botafogo: "Não faltará entrega"

Atacante veste a camisa oficialmente pela primeira vez e destaca bom ambiente de trabalho

Leandro Carvalho mostra motivação em chegada ao Botafogo: "Não faltará entrega"
Foto: Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Primeiro reforço confirmado oficialmente, Leandro Carvalho, atacante que ajudou o Ceará a conquistar o acesso para a primeira divisão do Campeonato Brasileiro, que treina com os companheiros desde semana passada, foi apresentado nessa quarta-feira (10) como reforço do Botafogo, vestindo a camisa do clube – assim como aconteceu com Luiz Fernando ontem (9).

Ao lado de Anderson Barros, dirigente de futebol, que ajudou no desfecho da negociação com o Paysandu, clube que detinha seus direitos econômicos, que acabou resultando nos empréstimos dos jovens Victor Lindenberg e Renan Gorne ao Papão, Leandro Carvalho, que é marcado pela sua velocidade e por jogar em qualquer lado do campo, deu uma declaração sobre vestir a camisa do Botafogo.

“Quero agradecer pela oportunidade de vestir a camisa do Botafogo, um clube muito grande e glorioso. É a oportunidade que eu tenho, que o Botafogo me deu e tenho que agarrá-la para mostrar para que eu vim. Espero que sejamos felizes daqui pra frente. Sou um cara que procura sempre dar o melhor dentro de campo, que me entrego muito e vou procurar correr o máximo possível para ajudar minha equipe. Muitas vezes saio de campo exausto e assim será o Leandro Carvalho no Botafogo”, disse.

+ Quarto reforço: Renatinho é anunciado pelo Botafogo

Além disso, o atleta falou do ambiente entre os jogadores nessa primeira semana de trabalho, algo que já havia sido elogiado pelo treinador Felipe Conceição. “É um ambiente muito bom, diferente. É um clube grande e fui muito bem recebido por todos. Que eu possa retribuir todo esse carinho para a nossa torcida. Acompanhei o Botafogo em alguns jogos ano passado e vi que o grupo é de muita entrega e esperamos manter isso esse ano também. Da minha parte não faltará entrega e estarei sempre vou procurar ajudar o Botafogo”, frisou.

Outro fato interessante é o de Leandro Carvalho, nos seus tempos de Paysandu, ter enfrentado Rony, possível reforço da equipe de General Severiano e que jogava no Remo, em muitos clássicos. “A minha relação com o Rony é muito boa. Antes mesmo do clássico em Belém nós conversámos, brincávamos um com o outro. Fico feliz com a vinda dele, é um excelente jogador e que irá nos ajudar”, afirmou.

Algo que havia posto em cheque a carreira de Leandro foram as “noitadas”, principalmente na época que esteve no clube paraense. O jogador, porém, afirma que isso ficou para trás. “O que vivi foi errado, não tenho vergonha de falar sobre isso. Antigamente eu não tinha um pinto para dar água e agora tenho minha filha. Tenho uma nova cabeça. A página já foi virada, isso não ocorre mais e está no passado. Não tenho vergonha de tocar nesse assunto, mas agora estou focado nas coisas boas e no que posso fazer daqui pra frente”, finalizou.