Abertura oficial da free agency confirma contratações na NFL; confira resumo

Setembro sempre chega, todos já sabem. Mas, quem diz que antes da temporada a NFL passa pelo marasmo, engana-se. É época de troca-troca entre as equipes e o início da free agency, a partir desse domingo (18), esquenta de vez o mercado de transferências do futebol americano. Daqui para lá, de lá para cá, os times negociam e se reforçam para a temporada 2018/2019.

Na transferência mais impactante, o Oakland Raiders contratou o wide receiver Jordy Nelson por dois anos e pagará ao atleta um valor de 13 milhões de dólares garantidos, podendo aumentar para 15. Em contrapartida, os Raiders dispensaram o jogador da mesma posição, Michael Crabtree. Crabtree estava no time desde 2015 e já traçou o seu destino, assinando com o Baltimore Ravens por três anos, recebendo 21 milhões no período.

Foto: Peter G. Aiken/Getty Images
Foto: Peter G. Aiken/Getty Images

Falando em Jordy Nelson, o time que o dispensou, o Green Bay Packers, fechou com o tight end, ex-Seattle Seahawks, Jimmy Graham. O acerto gira em torno de 30 milhões de dólares por três anos. Na liga desde 2010, o jogador defendeu os Seahawks nas últimas três temporadas.

Outro que trocou de time foi o defensive tackle, Dontari Poe. O ex-defensor do Atlanta Falcons acabou assinando com o Carolina Panthers por 27 milhões de dólares e tem contrato com a franquia de três anos.

Pelos lados de Tennessee, o Titans contratou, por quatro anos, o running back Dion Lewis pagando ao atleta 20 milhões de dólares. O jogador está na liga desde 2011, quando foi escolhido pelo Philadelphia Eagles na quinta rodada e disputou a última temporada pelo vice-campeão New England Patriots.

Foto: Gregory Shamus/Getty Images
Foto: Gregory Shamus/Getty Images

O time do Washington Redskins assinou com o wide receiver Paul Richardson por um valor de 40 milhões de dólares distribuídos em cinco anos. Richardson, agente livre irrestrito, foi selecionado na segunda rodada do recrutamento de 2014 pelo Seahawks e estava na equipe de Seattle desde então.

Procurando superar o fracasso da última temporada, outro time que se movimentou esse fim de semana foi o New York Giants. A franquia nova-iorquina trouxe um reforço para sua linha ofensiva contratando o offensive tackle, Nate Solder. Solder, que estava no New England Patriots, se tornou o jogador de linha ofensiva mais bem pago da NFL, e receberá 62 milhões de dólares divididos em quatro anos.

 

 

VAVEL Logo