Valtteri Bottas dá as cartas no TL2 marcado por batida de Leclerc
Foto: Divulgação / Mercedes

A sexta-feira foi de domínio de Valtteri Bottas nos treinos livres do Grande Prêmio de Emilia-Romagna, na Itália. O finlandês liderou, principalmente, a segunda sessão, fazendo sua melhor volta em 1m15s551, apenas 0s010 à frente de seu parceiro de equipe Lewis Hamilton, que fez 1m15s561. Pierre Gasly, da AlphaTauri fez seu menor tempo em 1m15s629 e completou o top 3 da sessão que ainda teve o abandono de Max Verstappen, com problemas no eixo de transmissão de seu carro RBR.

Equipe da casa, a Ferrari chegou a aparecer atrás das Mercedes na terceira e quarta posição, com Carlos Sainz e Charles Leclerc, respectivamente. O espanhol fechou o dia na quarta colocação, seguido do companheiro monegasco de equipe. Sergio Pérez, único carro da RBR na pista italiana, ficou em quinto, à frente de Yuki Tsunoda, estreante japonês da AlphaTauri. Lando Norris, Antonio Giovinazzi e Lance Stroll fecharam o top 10.

Treino encerrado antecipadamente por acidente de Leclerc

Quando faltavam dois minutos para o fim do treino de uma hora (não 1h30 como ano passado), Charles Leclerc, da Ferrari, escapou na saída da curva Rivazza e bateu em cheio no muro de proteção, o que acionou a bandeira vermelha, encerrando o treino. O monegasco pediu desculpas para sua equipe enquanto saía do carro. Mas ele não teve nenhum problema de saúde.

Você acompanha todo o Treino Classificatório AO VIVO do GP da Emilia-Romagna aqui, no tempo real da VAVEL Brasil.

VAVEL Logo