Djokovic vence Thiem em sets diretos e avança à final de Roland Garros

Dominic Thiem nunca venceu mais de sete games em partidas contra o número um

Djokovic vence Thiem em sets diretos e avança à final de Roland Garros
Novak Djokovic
3 0
Dominic Thiem

O sérvio líder do ranking, Novak Djokovic, enfrentou no dia de hoje, 3, a promessa austríaca, Dominic Thiem, pela semifinal de Roland Garros. Este foi o terceiro confronto entre os dois com todas as vitórias para o sérvio.

O número um do ranking venceu o jogo de hoje em sets diretos com extrema facilidade em pouco mais de 1h45. Esta foi sua 43ª vitória do ano. É importante ressaltar a excelente campanha feita pelo austríaco que iniciou o torneio como número 14 do ranking e na próxima segunda-feira, 6, estará ocupando o sétimo lugar entrando pela primeira vez no top 10.

O primeiro set contou com Djokovic muito firme na partida já iniciando com uma quebra no serviço de Thiem e abrindo 3 a 0 no placar. Sem dificuldades e apenas mantendo a vantagem, o detentor de 11 Grand Slams pressionou mais uma vez o saque do austríaco enquanto este sacava em 2 a 5 e, conseguindo mais uma quebra, o sérvio venceu a primeira parcial por 6 a 2 em 42 minutos.

Apesar de Thiem ter disparado 12 bolas vencedoras contra seis do sérvio, o austríaco cometeu 20 erros não forçados contra cinco.

A segunda parcial contou com novamente Djokovic quebrando seu adversário logo no início e abrindo 4 a 1. Ao conquistar mais uma quebra, o número um liquidou com facilidade o segundo set por 6 a 1 em 25 minutos.

O número um contou foi muito eficiente com seus serviços alcançando as marcas de 75% dos pontos vencidos com o primeiro saque e 100% com o segundo. Thiem venceu apenas 22% com seu primeiro e 75% com o segundo.

A terceira série contou com o tenista austríaco pela primeira vez saindo na frente na partida quando conseguiu quebrar o saque de Djokovic e abrir vantagem de 3 a 0.  Não se deixando abalar pela desvantagem, o sérvio se impôs e venceu cinco games seguidos. Thiem só conseguiu confirmar novamente seu serviço diminuindo a diferença para 4 a 5. Assim, o número um sacou para fechar a partida e, com uma bola fora de seu adversário, venceu a terceira parcial e garantiu sua vaga na final do torneio.

Novak Djokovic enfrentará na final o britânico, número dois, Andy Murray que, para avançar de rodada, venceu o algoz do sérvio na última edição de Roland Garros, Stan Wawrinka. Esta é a quarta final do sérvio em busca de vencer o Grand Slam que nunca conquistou. É a primeira vez que Murray alcança a final no torneio francês e se torna assim o primeiro tenista britânico a chegar na última rodada desde Bunny Austin que conquistou isso há 79 anos.