O jornalista Shams Charania, insider de NBA do The Athletic, revelou na última segunda-feira (20), no programa Run it Back, que o Sacramento Kings pode ser agressivo no mercado de trocas nesta temporada, que conta com especulaçôes de uma troca envolvendo Zach Lavine.

O jornalista acrescentou que o time pode perseguir as principais estrelas do mercado, incluindo Pascal Siakam e OG Anunoby do Toronto Raptors.

Ele aproveitou para elogiar a capacidade do time de manter peças  valiosas, "Eles tem contratos trocáveis, então eles serão competitivos para as estrelas que surgirem (no mercado)".

Ele finalizou dizendo que acha que eles vão tentar colocar outra estrela ao lado dos seus dois All-Stars, "Eu acho que, eventualmente, eles vão adicionar uma terceira peça"

Saga troca Zach Lavine

Shams havia revelado na semana passada, dia 14, que o Chicago Bulls e Zach Lavine estariam dispostos a trabalhar em uma troca, "Há crescente abertura dos dois lados".

Os times mais engajados na possível troca seriam o Los Angeles Lakers, Miami Heat e Philadelphia 76rs, que também seriam os destinos preferidos do jogador.

Mas uma nova informação de Jake Fischer, insider da Yahoo! Sports, diz que o ala-armador teria interesse em Sacramento e em San Antonio também.

Essa não seria a primeira vez que Sacramento e Lavine demonstram interesse mútuo. Em 2018, quando o jogador foi um agente livre restrito, ele aceityou uma proposta do time californiano, que foi coberta pela franquia de Chicago.

O que a troca reprsenta para os times

Sacramento Kings

Uma troca por mais uma estrela pode significar um avanço do time em capitalizar no seu bom resultado do ano passado e uma estratégia mais agressiva em ganhar com o elenco montado em volta de De'Aaron Fox e Domantas Sabonis.

O time da califórnia foi o terceiro colocado na conferência oeste na temporada 2022-23, com uma campanha de 48 vitórias, 18 a mais que a temporada anterior e 14  mais do que o previsto antes da temporada começar.

A troca, provavelmente, envolveria pelo menos um dos ala-armadores principais da equipe, Kevin Huerter e Malik Monk, além de escolhas de Draft.

A escolha de primeira rodada do time em 2024 está com o Atlanta Hawks, porém, protegida. Além disso, as de 2025 e 26 estão como backup para esta que foi trocada. Daí para frente, estão todas com o time.

Chicago Bulls

O time de Chicago começou a temporada com 5 vitórias em 15 jogos. No ano passado, um resultado desapontador também, caindo no Play-In para o eventual finalista, Miami Heat.

A franquia apostou bastante em volta da sua estrela jovem, Zach Lavine, em 2021, trazendo Nikola Vucevic na Trade Deadline de 2021 e Demar Derozan, Lonzo Ball e Alex Caruso na Off-Season, além da adição do técnico Billy Donovan.

Na primeira temporada o time deu certo, Derozan começou a temporada como um candidato ao prêmio de MVP e o Bulls chegou aos playoffs, onde caíram para o Milwaukee Bucks por 4 a 1.

Desde então, uma estagnação do ataque e a lesão de Lonzo Ball, principal defensor e distribuidor da equipe, fizeram o time entrar em declínio.

Ainda, Demar Derozan está num contrato expirante e as conversas de extensão não vão bem, o ala de 34 anos quer ver o que o time vai mudar para a próxima temporada, disse Shams.

Darnell Mayberry, do The Athletic diz que a troca pode não significar um caminho do time de Chicago para reconstrução, "A ideia é ter cinco jogadores que possam pontuar ao mesmo tempo em quadra."

Trajetória de Zach Lavine

Se qualquer troca se concretizar, Lavine estaria indo para seu terceiro time em dez temporadas de NBA. o armador, até agora, atuou no Minnesota Timberwolves e no Chicago Bulls.

Ele foi selecionado pelo Timberwolves com a 13ª escolha em 2014 e seguiu na equipe por três anos, até 2017, quando foi enviado para Chicago juntamente com Lauri Markannen e Kris Dunn em troca de Jimmy Butler.