Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Senegal
Guia VAVEL Copa do Mundo 2018:Senegal

Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Senegal

Senegal volta ao mundial após 16 anos ausente. Com Sadio Mané no auge da carreira, os Leões pretendem encantar o mundo novamente

ygor-moreira
Ygor Henriques Moreira

Após  passar de forma imbatível nas eliminatórias da África e terminar em quinto na última copa africana de nações, Senegal chega ao mundial com seus principais jogadores no ápice da carreira. Senegal disputará sua segunda Copa do Mundo e caiu no grupo mais equilibrado da competição, ao lado da favorita Colômbia, do imprevisível Japão e da Polônia de Lewandowski. 

Expectativa

Entre as seleções da África que disputarão a Copa do Mundo, o Senegal é o país mais equilibrado na questão tática e técnica. Se em 2002 foi a surpresa e seus craques não vingaram, em 2018 o cenário é diferente: Suas estrelas brilharam na última temporada e a seleção brigará com a Colômbia pela liderança do Grupo H.

O técnico Aliou Cissé fez parte da campanha da Copa do Mundo 2002 e usará a experiência vivida no Japão e na Coréia do Sul para surpreender novamente na Rússia. Nas eliminatórias eliminou a África do Sul no Grupo que contou também com Cabo Verde e Burkina Faso.

Koulibaly fez uma ótima temporada na Napoli, os volantes Kouyate e Gueye vão imprimir uma forte marcação aos adversários e o ataque jovial é a chave de Senegal na copa: Mané fez uma temporada fantástica no Liverpool, Keita Baldé é uma promessa do país e que merece ter atenção, e Konaté que fez boas aparições pela seleção nos últimos amistosos antes da Copa.

Os convocados de Aliou Cissé

Todos os 23 convocados para a Copa do Mundo atuam fora do Senegal. Se em 2002, praticamente todos atuavam na Liga Francesa, hoje existe uma mescla de ligas entre os convocados. Sete jogadores atuam na Ligue 1 e sete atuam na Premier League. Senegal não teve problemas com lesões e foi uma das primeiras a divulgar oficialmente sua lista final.

Pape Souaré (Crystal Palace) e Henri Saivet (Sivasspor) são nomes importantes de Senegal que não disputarão o mundial por opção técnica.

Goleiros - Abdoulaye Diallo (Rennes), Khadim N'Diaye (Horoya) e
Alfred Gomis (SPAL)

Defensores - Saliou Ciss (Valenciennes), Kalidou Koulibaly (Napoli), Kara Mbodji (Anderlecht), Youssouf Sabaly (Bordeaux), Lamine Gassama (Alanyaspor) e Moussa Wagué (Eupen)

Meias - Idrissa Gueye (Everton), Salif Sané (Hannover), Cheikhou Kouyaté (West Ham), Cheikh N'Doye (Birmingham City),
Alfred N'Diaye (Wolverhampton) e Badou Ndiaye (Stoke City)

Atacantes - Moussa Sow (Bursaspor), Mame Biram Diouf (Stoke City), Sadio Mané (Liverpool), Moussa Konaté (Amiens), Diafra Sakho (Rennes), Ismaïla Sarr (Rennes), M'Baye Niang (Torino) e Keita Baldé (Monaco)

Destaques

Sadio Mané

Mané tem a responsabilidade de levar Senegal para a fase final (Fonte:Getty Imagem)
Mané tem a responsabilidade de levar Senegal para a fase final da Copa (Fonte:Getty Images)

Se Mané não brilhou nas eliminatórias para a Copa do Mundo, não se pode dizer o mesmo na última temporada pelo Liverpool. O atacante que faz trio de ataque com o Egípcio Salah e o Brasileiro Roberto Firmino, fez a melhor temporada da sua carreira com 20 gols e 8 assistências em 44 jogos. Foi um dos artilheiros da UEFA Champions League 2017-18, fazendo um hat trick contra o Porto e um gol na final contra o Real Madrid.

Entre os convocados, é o segundo jogador com mais aparições: (53), atrás apenas do meia Idrissa Gueyé com (61) e é o vice-artilheiro com 14 gols, quatro a menos que Moussa Sow com 18 gols.

Kalidou Koulibaly

A força defensiva de Senegal tem um nome: Koulibaly (Fonte:Getty Imagem)
A força defensiva de Senegal tem um nome: Koulibaly (Fonte:Getty Images)

O zagueiro de 1,95 m e prestes a completar 27 anos, está no melhor momento da carreira. Intocável na zaga da Napoli, o zagueiro teve a sua temporada mais goleadora da carreira, com cinco gols em 45 jogos. Apesar de toda a altura, não é um zagueiro lento e muito menos violento, sendo bastante elegante nas saídas de bola.

Na seleção ele tem 26 jogos e nenhum gol, mas se depender da última temporada, seu primeiro gol pode sair na Rússia.

Fique de olho: Keita Baldé

Baldé é a joia de Senegal (Fonte:Getty Imagem)
Keita Baldé é a grande joia de Senegal (Fonte:Getty Images)

Após brilhar quatro anos com a camisa da Lazio, no começo da última temporada foi vendido ao Mônaco por 30 milhões de Euros. Apesar de fazer apenas oito gols em 23 jogos, o atacante tem por característica a habilidade e velocidade.

Na seleção fez três gols em 17 partidas, mas ao lado de Mané terá a responsabilidade de munir o ataque de Senegal para ir longe na Copa do Mundo.

Técnico

Cissé foi jogador na campanha de 2002 e quer provar seu valor em 2018
Cissé foi jogador na campanha de 2002 e quer provar seu valor em 2018 (Fonte:Getty Images)

Capitão de Senegal na campanha histórica de 2002, Aliou Cissé é técnico da seleção desde 2015, após passar dois anos como técnico da seleção SUB-23 de Senegal.

Cissé levou Senegal ao mundial após dezesseis anos e no período, a seleção sofreu com crise e teve a troca de seis técnicos até achar o equilíbrio com o atual técnico.

Chegará ao mundial sem jamais ter comandado um clube de futebol, mas com vasta experiência como jogador e assistente técnico de Senegal, usará seu conhecimento para ir além do que foi como atleta em 2002.

Campanha na última copa

Time base na campanha do quinto lugar em 2002 (Fonte:Getty Imagem)
Time base na campanha do quinto lugar em 2002 (Fonte:Getty Images)

A última copa disputada por Senegal foi na realidade a única, a edição de 2002. Comandada pelo Francês Bruno Metsu, Senegal caiu no grupo da morte, ao lado da atual campeã França, do temido Uruguai e da forte Dinamarca. Sem ter experiência em mundiais, Senegal era visto como a seleção mais fraca da competição, mas foi na verdade a maior zebra da Copa do Mundo 2002 e certamente uma das maiores de todos os tempos.

Integrante do Grupo A, ela estreou justamente contra a campeã de 1998, a França. Sem Zidane, que estava lesionado, mas com Henry, Petit, Barthez e Thuram, a França pressionou o time africano, mas aos 30 minutos do primeiro tempo, o inesperado aconteceu em Seul: Gol de Papa Bouba Diop. Senegal conseguiu se defender bem e bater a França, em seu primeiro jogo na história das copas.

Sete dias depois, Senegal enfrentou a Dinamarca e no início do jogo, o craque Tomasson abriu o placar para a Dinamarca. Aos sete do segundo, Salif Diao empatou o jogo em Daegu e bastaria apenas um empate na última rodada para a classificação, justamente contra o Uruguai, seleção que poderia tirar sua vaga.

Senegal começou o jogo de forma arrasadora e em trinta e oito minutos já venci por 3 x 0, com gols de Fadiga e dois de Bouba Diop. O Uruguai reagiu e empatou nos minutos finais, deixando a classificação que era fácil, em apreensiva. No fim, Senegal segurou o empate e terminou em segundo no Grupo A com 5 pontos, com a Dinamarca terminando em primeiro com 7 pontos.

Nas oitavas, Senegal enfrentou a Suécia de Larsson. No início do jogo, a Suécia abriu o placar com Larsson, mas no fim da primeira etapa, Henri Camara empatou. Após o cansaço ser visto na segunda etapa por ambos os lados, o jogo foi para a prorrogação. No último minuto do primeiro tempo da prorrogação, Henri Camara marcou o gol de ouro após passe de Thiaw. Senegal estava no céu, entre as oito melhores seleções do Mundo em 2002.

Nas quartas, outra sensação, a Turquia. Em jogo estudado e tenso, o placar não saiu do zero. No início da prorrogação veio o castigo. Após passe de Davala, o Turco Ilhan Mansiz eliminou Senegal da Copa do Mundo 2002 com gol de ouro. Senegal que não tinha muitas pretensões para os especialistas, terminou a campanha da sua única copa em quinto lugar. A geração de Diop e Camara não vingou, a safra seguinte sequer conseguiu classificar Senegal para as outras edições, mas o carisma e as danças feitas pelos Senegaleses ficaram marcadas na história das copas.

 

VAVEL Logo

    Futebol Internacional Notícias

    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 4 dias
    há 4 dias
    há 4 dias
    há 4 dias
    há 5 dias
    há 7 dias
    há 8 dias
    há 8 dias