Com dois gols de Mané, Liverpool goleia Cardiff City e assume a ponta da Premier League
(Foto: Divulgação/Liverpool)

Com dois gols de Mané, Liverpool goleia Cardiff City e assume a ponta da Premier League

Além do senegalês, Salah e Shaqiri também marcaram para o time da casa que ultrapassou o Manchester City, que entra em campo contra o Tottenham na segunda-feira; Paterson marcou o único gol dos visitantes

lchagas
Leandro Chagas
liverpool-fcAlisson, Alexander-Arnold, Lovren,Van Dijk, Moreno, Fabinho, Wijnaldum, Lallana (Shaqiri), Salah, Mané, Roberto Firmino (Milner). TEC: Jürgen Klopp.
cardiff-cityEtheridge, Ecuele, Morrison, Bamba, Bennett, Camarasa, Gunnarsson (Damour), Hoilett, Reid (Zahore), Josh Murphy (Harris), Paterson. TEC: Neil Warnock.
Placar1-0, MIN. 09 - 1° TEMPO, Salah, 2-0, MIN. 20 - 2° TEMPO, Sadio Mané, 2-1, MIN. 31 - 2° TEMPO, Paterson, 3-1, Min. 38 - Shaqiri, 4-1, Min. 41 - Sadio Mané.
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA 10ª RODADA DA PREMIER LEAGUE, QUE FOI DISPUTADA NO ESTÁDIO DE Anfield, EM LIVERPOOL.

Até segunda-feira, o torcedor do Liverpool vai poder dormir tranquilo na liderança da Premier League. Com a goleada de 4 a 1 sobre o Cardiff City, em partida disputada na manhã deste sábado (27), em Anfiled, os “Reds” ficam três pontos à frente do Manchester City, que enfrenta o Tottenham na segunda-feira (29).

Como já era esperado, o Liverpool começou dominando as ações da partida. O time da casa trocava passes enquanto o Cardiff se fechava em seu campo defensivo. A defesa dos visitantes só conseguiu resistir até os 9 minutos da primeira etapa.

Após um cruzamento na área, a zaga dos “Bluebirds” afastou mal, e Mané chegou batendo de primeira em um chute que acabou sendo bloqueado. A bola sobrou para Wijnaldum, que também finalizou em cima da defesa. Na sobra, Salah se mostrou atento na jogada, aproveitando o rebote para encher o pé e abrir o placar para os “Reds”. Foi o quarto gol do egípcio nos últimos três jogos.

O Liverpool não se acomodou com o gol no começo, e logo depois, aos 12 minutos, quase ampliou o placar. O holandês Van Dijk aproveitou o cruzamento de Salah para desviar de cabeça, mandando uma bola com efeito na trave.

O time de Anfield continuou trocando passes e buscando um espaço na retranca adversária. O domínio do jogo era tão grande, que o time de vermelho chegou a atingir cerca de 90% de posse de bola.

Aos 30 minutos, o Liverpool perdeu a bola no meio de campo, e o Cardiff tentou sair no contra-ataque. Camarasa partiu em velocidade, mas na entrada da área, acabou sendo desarmado pelo brasileiro Fabinho, que saiu tranquilamente com a bola.

No último lance do primeiro tempo, aos 46, Firmino tocou para Moreno que chegou na linha de fundo e cruzou para Lallana. O meia testou firme para o gol, mas o zagueiro Morrison, bem posicionado, tirou a bola em cima da linha.

Segundo tempo movimentado 

Na volta para a segunda etapa, o time galês buscou impor uma postura mais ofensiva. Aos 6 minutos, Reid tentou um lance individual e foi derrubado na intermediária.

Camarasa bateu a falta no segundo poste e Morrison escorou o lançamento para dentro da área. Murphy apareceu na sequência empurrando a bola para o gol, numa dividida com o goleiro Alisson. A bola estufou as redes, mas o árbitro paralisou a jogada, alegando posição de impedimento após a cobrança da falta.

Os "Reds" responderam numa troca de passes rápida, e aos 14 minutos, Moreno foi mais uma vez à linha de fundo para fazer o cruzamento. A bola bateu no braço de Hoillet e a torcida pediu pênalti, mas o árbitro mandou o jogo seguir.

Sem diminuir o ritmo, o Liverpool conseguiu marcar mais um vez. Aos 20 minutos, Firmino brigou pela bola e acionou Moreno. O lateral tocou para Mané que, em jogada individual, brigou com a zaga e chutou cruzado, estufando as redes do goleiro Etheridge.

Dez minutos depois, o Cardiff surpreendeu em um raro ataque. Hoilett fez jogada pela lateral direita e cruzou rasteiro. A bola desviou em Van Dijk, e o atacante Paterson, ligado no lance, se antecipou a Alisson, conseguindo fazer um leve desvio para o fundo do gol.

Quando o jogo parecia mudar de figura após o gol dos visitantes, o Liverpool tratou de retomar o domínio. Aos 38, Salah tocou para Shaqiri, que havia entrado no lugar de Lallana. O suíço recebeu dentro da área e, numa linda finta, deixou a zaga no chão antes de bater colocado no canto do gol.

Três minutos depois, os "Reds" liquidaram a fatura marcando o quarto. Sadio Mané iniciou um contra-ataque no meio de campo e tocou para Salah. O egípcio devolveu para o camisa 10, que partiu entre os zagueiros, tocando de cobertura na saída de Etheridge, que nada pode fazer além de olhar.

Com a vitória, o Liverpool assumiu a ponta do campeonato, e só pode ser alcançado nesta rodada pelo Manchester City, que entra em campo na próxima segunda-feira, contra o Tottenham.

Os "Reds" voltam a campo no próximo sábado (3), quando enfrentam  o Arsenal fora de casa, no Emirates Stadium. Já os "Bluebirds" enfrentam o Leicester City em casa, no mesmo dia.

VAVEL Logo