Com gol na prorrogação, Inglaterra vence Dinamarca de virada e vai à final da Euro
Foto: Divulgação/Inglaterra

It’s coming home! Na última quarta-feira (7), em Wembley, a Inglaterra encarou a Dinamarca pela semifinal da Eurocopa 2020 e saiu vencedora com gols de Kjaer, contra, e Kane, de virada, pois Damsgard abriu o placar!

Estratégias

O time de Southgate entrou em campo apostando na velocidade pelos lados e no domínio no meio de campo. A linha de defesa tinha Walker, Stones, Maguire e Shaw. No meio estava Rice e Phillips na primeira linha. Na segunda vinham Saka, Mount e Sterling, com Kane centralizado no ataque.

Já a Hjumland entrou em campo com o que tinha de melhor para tentar a vitória, na já conhecida 3-4-3. A linha defensiva tinha Christensen, Kjaer e Vestergaard. No meio estavam Larsen, Hojbjerg, Delaney e Maehle. No ataque o famoso trio com Damsgard, Dolberg e Braithwaite.

Até os acréscimos!

Com 12 minutos Sterling recebeu um bom passe na esquerda, tirou o marcador e bateu pro gol, mas rasteiro, nas mãos de Schmeichel. Aos 14, em uma escapada pelo meio, Hojbjerg bateu de fora da área, mas rasteiro e nas mãos de Pickford.

A partida seguiu sem muitas chances, mas aos 28 aconteceu uma falta para a Dinamarca na entrada da área. Damsgard foi para a bola e bateu por cima da barreira, com Pickford até levemente tocando nela, mas ela morreu no fundo do gol, abrindo o placar para a Dinamarca!

Aos 37 a Inglaterra deu uma resposta à empolgação dinamarquesa, que saia rápido em contra-ataque, tentando o segundo. Pela direita Mount conseguiu o cruzamento e Sterling chutou em cima de Schmeichel, que espalmou para longe. Mas na sequência Saka recebeu de Kane na direita, cruzou e Kjaer se jogou na bola com Sterling, mas fazendo um gol contra, empatando o jogo!

Aos nove, em uma cobrança de falta vindo da direita, Maguire subiu mais que a defesa e cabeceou no canto, mas Schmeichel voou para espalmar e salvar a Dinamarca! Com 13 Dolberg recebeu de Larsen pelo meio, arrumou e bateu nas mãos de Pickford.

A partida seguiu com poucas chances e as que apareciam eram pouco relevantes, sem sustos para os goleiros. Aos 49, por exemplo, Maguire conseguiu um cabeceio, mas nas mãos de Schmeichel.

A comemoração com a torcida em Wembley (Foto: Divulgação/Inglaterra)
A comemoração com a torcida em Wembley (Foto: Divulgação/Inglaterra)

Na prorrogação a primeira chance foi aos três, quando Kane chegou chutando na direita e o goleiro espalmou, com o rebote tirando para longe. Aos sete Grealish bateu forte de longe, com Schmeichel espalmando para longe.

E aos 10 da primeira etapa Sterling rabiscou pra cima de Maehle e foi derrubado. O juiz deu o pênalti após a revisão do VAR. Kane foi para a bola e bateu no canto esquerdo, com Schmeichel espalmando e no rebote o próprio Kane bater pro fundo do gol, virando o jogo nos acréscimos!

Na segunda etapa, aos nove, Braithwaite bateu de fora da área e Pickford colocou para escanteio. E assim acabou a partida, com a Dinamarca tentando chegar, mas pouco fazendo, e com a classificação inglesa para a final!

A grande final

No domingo (11), conheceremos o grande campeão da Eurocopa. Itália e Inglaterra se enfrentam valendo a taça. A bola rola às 16h em Wembley para responder a pergunta dos torcedores que se divertem nas arquibancadas que voltam a receber pessoas na Europa: “It’s coming to home” ou “it’s coming to Rome”?

VAVEL Logo