Inglaterra e Senegal fazem confronto inédito por vaga nas quartas de final da Copa
Foto: Divulgação/Inglaterra

Neste domingo (4), mais uma vaga pra as quartas de final da Copa do Mundo será decidida em um confronto inédito entre Inglaterra e Senegal, às 16h, no Al Bayt Stadium.

O vencedor da partida enfrentará nas quartas de final quem sair vitorioso do confronto entre França e Polônia, também neste domingo (4), às 12h.

Dúvidas na dupla de ataque

A Inglaterra chega para o confronto contra o Senegal depois de fazer uma boa campanha na fase de grupos e sair invicto no grupo B, batendo Irã e País de Gales, e empatando com os Estados Unidos. Com tradição na Copa do Mundo, sendo campeão uma vez, em 1966, os ingleses são os favoritos do confronto, mas sabem da qualidade dos rivais.

Treinador da Inglaterra, Gareth Southgate não enxerga esse superioridade da sua seleção. Para ele, a ausência do craque de Senegal, Sadio Mané, lesionado, deixa a equipe senegalesa mais motivada.

“Acho que Sadio é um jogador incrível e todos os times gostariam de tê-lo, mas eles se tornaram fortes na sua ausência e mostraram grande espírito após perdê-lo. Estamos muito impressionados com eles. São campeões africanos, uma nação muito orgulhosa, são grandes competidores com muita fé e excelentes jogadores individuais que causam e trazem problemas.”

Com exceção do zagueiro Ben White que voltou para casa na quarta-feira (30) por problemas pessoais, o treinador Gareth Southgate poderá contar com todos os 25 jogadores para a partida decisiva contra Senegal.

Após Rashford e Phil Foden comandarem a vitória da Inglaterra contra o País de Gales, eles podem ter tomado a titularidade de vez, disputando vaga com Sterling e Saka. Outra disputa de posição é na lateral direita, entre Kyle Walker e Kieran Tripper. O treinador também tem dúvida sobre a volta de Mason Mount ou a manutenção de Jordan Henderson, que jogou a última partida.

Provável escalação da Inglaterra: Pickford; Walker (Trippier), Stones, Maguire e Shaw; Rice, Mount (Henderson) e Bellingham; Phil Foden (Saka), Harry Kane e Rashford (Sterling).

Na busca de repetir o feito de 2002

Senegal também fez uma boa campanha na fase de grupos - terminou em segundo lugar, venceu Catar e Equador, perdendo apenas para o líder do grupo A, a Holanda.

Os Leões de Teranga estão apenas na sua terceira Copa, mas esperam repetir ou superar o feito do seu primeiro Mundial em 2002, quando chegaram até as quartas de final.

O lateral Formose Mendy, que ainda não jogou neste Mundial, falou sobre uma possível expectativa entre os europeus de um confronto entre Inglaterra e França nas quartas, mas disso que isso serve como motivação.

“Temos visto o que está sendo dito. Os franceses já veem umas quartas de final entre França e Inglaterra. Mas sabemos como nos concentrar em nossos pontos fortes. (As declarações) são uma fonte de motivação, e a equipe do Senegal cresce quando é subestimada - declarou o lateral em coletiva de imprensa no Catar.”

O treinador de Senegal, Aliou Cissé, não participou da coletiva de imprensa neste sábado (2). Segundo o auxiliar, Regis Boagert, que respondeu às perguntas, o técnico está com febre, mas estará no comando da seleção no jogo contra a Inglaterra

Desfalque certo para a partida é o volante Gana Gueye, que levou o segundo amarelo na partida contra o Equador. A dúvida ainda é o volante Kouyaté, que se machucou ainda na primeira rodada da fase de grupos contra a Holanda, e segue em recuperação de lesão na perna direita.

Provável escalação de Senegal: Edouard Mendy, Sabaly, Koulibaly, Diallo e Jakobs; Ciss e Pape Gueye e Nampalys Mendy (Kouyaté); Ndiaye (Diatta) e Ismaila Sarr; Dia

Arbitragem

 Árbitro: Ivan Arcides Barton Cisneros

1º árbitro assistente: David Jonathan Morán Santos

2º árbitro assistente: Katie Nesbitt

Quatro árbitro: Said Martinez 

VAVEL Logo