De roupa nova: selecionáveis do Brasil mudam de time em janela de transferências
Escala Barcelona - Paris: Neymar se tornou a contratação mais cara da história (Foto: Editoria de Arte/VAVEL Brasil)

Enquanto uns a aguardavam ansiosamente na transição de temporadas, outros tremiam semana a semana até o seu fim. Estamos falando da janela de transferências de verão na Europa, que chegou ao fim na última quinta-feira (31). 

No mesmo dia, a Seleção Brasileira entrou em campo pelas Eliminatórias à Copa do Mundo de 2018. Na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, os comandados de Tite venceram o Equador por 2 a 0. Nesta terça-feira (5), o adversário será a Colômbia, em Barranquilla.

De volta à Seleção, Cássio afirma: "Espero fazer o melhor para me manter convocado"

Dentre os convocados para as duas partidas da Seleção, cinco trocaram de clube nesta janela, uns com a quase certeza do sucesso; outros, nem tanto... A VAVEL Brasil reuniu alguns nomes.

Ederson (Benfica -> Manchester City)

A lista de atletas começa simplesmente com o goleiro mais caro da história do futebol. Ederson custou a "bagatela" de € 40 milhões aos cofres do inglês Manchester City, em uma negociação junto ao Benfica, de Portugal.

Cria da base do São Paulo, mas sem atuar por nenhuma equipe profissional de renome no Brasil, o jovem arqueiro de 24 anos chamou a atenção em gramados portugueses. Ederson chegou em 2015 ao Benfica, estreando no início do ano seguinte como titular do clube.

Antes do Benfica, Ederson passou rapidamente pelo Rio Ave

Tendo o jogo com os pés com um de seus diferenciais, os desempenhos de Ederson em Portugal chamaram a atenção de Dunga, que convocou o goleiro para a disputa da Copa América Centenário do ano passado, mas uma lesão tirou o mesmo da competição. Neste ano, Tite voltou a convocar Ederson para as partidas das Eliminatórias contra Paraguai e Uruguai e para os amistosos contra a Argentina e a Austrália. 

No City, Ederson não obteve uma grande estreia durante a pré-temporada, ao falhar na goleada sofrida pelos ingleses para o Real Madrid. Na Premier League, o brasileiro seguiu como titular absoluto, sofrendo dois gols nas três partidas realizadas até então.

(Foto: Robbie Jay Barratt/Getty Images)
Foto: Robbie Jay Barratt/Getty Images

Giuliano (Zenit -> Fenerbahçe) 

Atuando em 'casa' nesta quinta-feira, Giuliano é outro que fez suas malas no último mês. Rumo à Turquia, um dos nomes mais questionados da Seleção Brasileira vestirá a camisa tradicional do Fenerbahçe na próxima temporada.

Sob as regras rígidas do atual Fair Play Financeiro da Uefa, o clube turco acertou o empréstimo do brasileiro por € 1 milhão por uma temporada, com valor fixo de compra em € 6 milhões.

+ Renato Augusto fala sobre futuro de Coutinho e elogia: "É um dos grandes nomes do mundo"

Revelado pelo Paraná, Giuliano tornou-se uma das grandes promessas do futebol brasileiro vestindo a camisa do Internacional. Marcando gol na decisão, o jogador venceu a Libertadores da América em 2010, e logo foi negociado com o Dnipro da Ucrânia. Mesmo sem uma grande visibilidade, foi pela equipe ucraniana que Giuliano chamou a atenção de Mano Menezes, sendo convocado para os Jogos Olímpicos de 2012.

O meia não repetiu no Grêmio o sucesso conquistado pelo rival colorado

Em 2014, retornou ao Brasil para defender outra equipe porto-alegrense, o Grêmio. Entre bons e maus momentos, o jogador foi negociado no ano passado com o Zenit. Na Rússia, Giuliano manteve as boas atuações e seguiu sendo convocado para a Seleção.

Agora em solo turco, o meio-campista atuou nas duas partidas do Fenerbahçe pela SuperLig: uma entrando no intervalo e outra como titular.

(Foto: Adem Altan/Getty Images)
Foto: Adem Altan/Getty Images)

Daniel Alves (Juventus -> PSG) 

Em busca de se tornar o jogador com mais títulos da história do futebol, Daniel Alves é outro que topou mais uma grande desafio em sua carreira nesta temporada. O lateral integra nesta 'época' o elenco quase brasileiro do Paris Saint Germain.

Na jornada passada, o baiano deixou seu legado simplesmente inquestionável no Barcelona e acertou com a Juventus. De questionado na Catalunha, Alves virou unanimidade em Turim e reforçou a marca de melhor lateral-direito da Europa, conquistando a Serie A e a Copa Itália pela Juve.

Dani está a um título de igualar Ryan Giggs como o jogador com mais títulos na história

Com 34 anos de idade, a carreira de Dani Alves dispensa comentários. O jogador foi ídolo por Sevilla e principalmente no Barça, onde conquistou todas as taças possíveis. 

Sua passagem pela Seleção Brasileira também ultrapassa a casa dos 10 anos, tendo disputado a Copa do Mundo de 2010 e alcançado a marca de 100 partidas.

No PSG, o lateral começou ''voando'' nesta temporada. Em sua primeira partida oficial, marcou um belo gol em cobrança de falta na vitória por 2 a 1 sobre o Mônaco, na decisão da Supercopa da França. Na Ligue 1 foram três partidas disputadas, todas como titular.

(Foto: Franck Fife/Getty Images)
Foto: Franck Fife/Getty Images

Paulinho (Guangzhou Evergrande -> Barcelona)

A maior surpresa apontada nesta lista é Paulinho. Um jogador "ressuscitado" pela Seleção Brasileira, ou até mesmo, por Tite.

Sem o brilho esperado na Inglaterra, Paulinho trocou o Tottenham pela China após a Copa do Mundo de 2014, permanecendo por lá até esta janela, quando tornou-se a quarta maior contratação da história do Barcelona. Certamente não foram seus desempenhos pelo Guangzhou Evergrande que chamaram a atenção de um dos maiores clubes do planeta, mas sim, sua ascensão vestindo a amarelinha desde a chegada de seu ex-técnico nos tempos de Corinthians.

+ Homem de confiança de Tite, Paulinho se torna vice-artilheiro da Seleção

Na temporada passada, Paulinho marcou 12 gols em 29 partidas pelo Guangzhou

Apagado e praticamente desacreditado como um dos pilares da vexatória campanha do Brasil no último mundial, Paulinho foi um dos nomes que deixaram a Seleção após a competição.

Seu retorno aconteceu justamente com a chegada de Tite ao comando, que bancou a volta do volante mesmo escondido em solo chinês. Não deu outra. O jogador retomou seu bom futebol, sendo fundamental em diversas partidas durante essas Eliminatórias. A mais importante e emblemática aconteceu em Montevidéu, onde Paulinho anotou um hat-trick histórico diante do Uruguai.

Pelo Barça, Paulinho estreou na segunda partida do clube pela Liga, atuando nos minutos finais da vitória catalã sobre o Alavés. O brasileiro deve mesmo disputar posição com o croata Rakitic.

(Foto: NurPhoto/Getty Images)
Foto: NurPhoto/Getty Images

Neymar (Barcelona -> PSG)

Um valor € 220 milhões, sendo simplesmente a maior contratação da história do futebol. E "de quebra", estampando seu nome na Torre Eiffel: este é o cenário que envolve Neymar, o mais novo jogador do Paris Saint Germain. 

+ Miranda e Marcelo são cortados e Seleção convocará dois novos jogadores

O brasileiro conquistou todos os títulos possíveis pelo Barcelona em suas quatro temporadas vestindo a camisa azul-grená. Mesmo sendo um dos principais jogadores do time, o atacante seguia na sombra de Lionel Messi.

Com seis gols marcados, Neymar é o artilheiro da Seleção nas Eliminatórias

Após uma novela que arrastou-se por semanas, Neymar finalmente acertou sua ida ao Paris Saint Germain. Em sua apresentação, o brasileiro destacou que o projeto do clube foi o que mais o atraiu. Nela, certamente era prometido que na França, sendo a estrela da equipe, Neymar poderia alcançar sua tão conquistada Bola de Ouro.

+ Alex Sandro e Jemerson são convocados para Seleção nos lugares de Marcelo e Miranda

E seu início no clube mostrou que as expectativas podem permanecer no topo em relação ao seu desempenho em Paris. Ao lado de Di María, Cavani e companhia, Ney só faltou fazer "chover" nas três primeiras rodadas da Ligue 1. Além das assistências, o brasileiro já marcou três vezes pela equipe parisiense. 

(Foto: Jean Catuffe/Getty Images)
Foto: Jean Catuffe/Getty Images
VAVEL Logo