Rueda reconhece empenho do Flamengo em empate e mantém foco na final da Copa do Brasil
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Na noite deste sábado (23), o Flamengo recebeu o Avaí na Ilha do Urubu e empatou em 1 a 1, em jogo da 25ª rodada do Campeonato Brasileiro; Pedro Castro abriu o placar a favor do Leão da Ilha e Rodinei empatou para os donos da casa.

Em entrevista pós-jogo, Reinaldo Rueda fez uma breve análise sobre o empate na Ilha do Urubu. Um dos tópicos discutidos pelo treinador do Flamengo foi a boa atuação do Avaí no confronto, que deu trabalho à equipe rubro-negra.

"Começamos bem, mas Avaí depois tomou confiança, eles são bem estruturados. Tiveram situação de gol, fizeram, fecharam espaços. E nos faltou claridade, resolver melhor. Quando tivemos, não finalizamos bem. A equipe lutou, fez esforço grande, com entrega e coragem", avaliou.

Agora podendo focar 100% na final da Copa do Brasil, o técnico rubro-negro destacou a importância por trás da grande decisão e também falou sobre o provável desfalque de Everton, que atualmente trata uma lesão na panturrilha.

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

"O jogo de quarta é muito importante para nós. (...) Por sorte, teremos toda equipe, com exceção de Everton. Ele está fazendo trabalho de campo, mas temos que ver seu nível de reabilitação. Não podemos nos precipitar, para não voltar a lesão. Vamos buscar alternativas", completou.

No confronto deste sábado, o colombiano levou um time totalmente reserva e alternativo à campo. Para o treinador, é essencial fazer um rodízio no elenco do Rubro-Negro, garantindo ritmo de jogo a todos os atletas do clube carioca.

"Era para dar oportunidade aos jogadores que estiveram hoje para acompanhar o grupo e fortalecer a equipe. Não podíamos correr nenhum risco hoje, com Berrío, Cuéllar, Guerrero... nenhum. Demos ritmo para Mancuello, (Matheus) Sávio, que são bons jogadores, mas estão sem ritmo", disse o colombiano.

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Ao final da coletiva, Rueda falou sobre a ausência de Alex Muralha no time titular do Flamengo - o comandante disse que preferiu "prevenir" e não correr o risco de perder o camisa 38 para a final da Copa do Brasil. 

"Até ontem Alex estava muito bem, mas à noite pensei que era melhor prevenir. Era um jogo muito intenso, muito forte e Alex é o goleiro da quarta-feira. Ele trabalhou bem, mas era melhor evitar qualquer possibilidade de machucar. Por isso tivemos Diego na escalação", concluiu Rueda.

O próximo compromisso do Flamengo é nesta quarta-feira (27). O Rubro-Negro encara o Cruzeiro na grande final da Copa do Brasil. A partida, que será no Mineirão, acontece às 21h45.

VAVEL Logo