Chuva de gols: São Paulo deslancha no segundo tempo e goleia Santos na estreia de Holan
Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC

Na estreia de Ariel Holan pelo Santos, foi o São Paulo de Hernán Crespo que brilhou. Após um primeiro tempo de gramado impraticável, o Tricolor fez quatro gols no segundo tempo na vitória por 4 a 0 no San-São.

Os gols do clássico deste sábado (6), pelo Campeonato Paulista, foram marcados por Gabriel Sara, Luan Peres, contra, Pablo e Tchê Tchê. O Peixe segue sem vencer no Paulistão, após três rodadas.

Estratégias

O São Paulo foi a campo com Tiago Volpi, Arboleda, Bruno Alves e Léo; Igor Vinícius, Daniel Alves, Rodrigo Nestor, Gabriel Sara e Reinaldo; Luciano e Pablo.

O primeiro tempo foi de muitos chutões para frente por conta da chuva, mas no segundo tempo jogou numa linha de quatro na defesa, com os laterais subindo como alas e voltando como defensores. Tanto os meio-campistas quanto os atacantes encurtaram as linhas, de forma que a defesa santista tivesse dificuldade em povoar o meio-campo. Daniel Alves, em específico, teve o trabalho de ligar a defesa ao meio-campo, fazendo isso muito bem, de forma que o estilo são-paulino de trocar passes objetivos fosse praticado perfeitamente.

Já o Santos jogou com John, Sandro, Luiz Felipe, Luan Peres Felipe Jonatan; Alison, Sandry e Jean Mota; Lucas Braga, Soteldo e Bruno Marques.

Também acometido pelo alagamento do gramado do Morumbi, o Peixe buscou - no segundo tempo - jogar em velocidade pelas beiradas do campo, subindo as linhas quando tinha a posse de bola e recuando sem a mesma. Bruno Marques foi uma escolha para que o alvinegro praiano conseguisse vencer as disputas aéreas nos chutões, tanto na defesa quanto no ataque. Soteldo, em especial, foi o desafogo da equipe, caindo pelas laterais no campo defensivo são-paulino e se movimentando por dentro quando de frente para algum defensor. 

A partida

Após um primeiro tempo irrelevante por conta da péssima situação do gramado do Morumbi, o jogo contou com 45 minutos de um grande atuação por parte do São Paulo.

Com subidas velozes e passes encaixados do meio-campo para a frente, o Tricolor soube anular o ataque e também a defesa do Santos num ritmo imbatível.

Aos quatro do segundo tempo, Gabriel Sara saiu da marcação e cabeceou com força para o fundo das redes. Aos 27, Luciano recebeu na frente da área, driblou o zagueiro, puxou para o meio e chutou - a bola desviou em Luan Peres e entrou.

Um minuto depois, Pablo recebeu sozinho próximo ao meio-campo e encobriu o goleiro John: 3 a 0. Aos 41, Tchê Tchê recebeu na meia-lua e acertou o ângulo. Um golaço do meio-campista são-paulino para sacramentar a vitória por 4 a 0.

Início promissor de Hernán Crespo em sua passagem pelo Brasil, enquanto Ariel Holan, após a goleada sofrida, tem pouco tempo para organizar o Peixe antes de duelo importante.

Próximos compromissos

O próximo adversário do São Paulo é o Novorizontino, no próximo sábado (13), às 16h30, ainda pelo Paulistão. O Santos, por vez, enfrentará o Deportivo Lara pela fase preliminar da Libertadores na terça-feira (9), na Vila Belmiro, às 19h15.

VAVEL Logo