Flamengo resolve contra Juventude no primeiro tempo com golaços e fim de jejum
Foto: Divulgação/Flamengo

Em jogo válido pela 26ª rodada do Brasileirão 2021, Flamengo e Juventude se enfrentaram no Rio de Janeiro. Na caça ao líder Atlético-MG, o Rubro-negro anotou 3 a 1 nesta quarta-feira (13), no Maracanã. Kenedy, Pedro e Andreas, de falta, marcaram para os cariocas. William Matheus descontou.

Estratégias

Ainda com muitos desfalques por lesões e convocações, o Flamengo foi a campo com: Diego Alves, Matheusinho, Rodrigo Caio, Leo Pereira, Filipe Luís, Arão, Thiago Maia, Andreas Pereira, Kenedy, Pedro e Michael. O rubro negro não contou com: Gabriel Barbosa, Everton Ribeiro e Isla, que estão defendendo suas seleções. Além deles, Arrascaeta, David Luiz, Diego Ribas, Bruno Henrique, no departamento médico e João Gomes de última hora por conta de uma febre. Os exames descartaram que o atleta esteja infectado com a Covid-19.

O Juventude foi a campo com: Douglas Friedrich, Paulo Henrique, Quintero, Vitor Mendes, Willian Matheus, Rafael Foster, Ricardinho, Guilherme Castilho, Paulinho Boia, Wagner e Ricardo Bueno. O Jaconero teve quatro desfalques para enfrentar o Flamengo: Jadson e Dawhan, suspensos, e Marcelo Carné e Nico Castillo, lesionados. 

Rubro-negro resolve rápido

Com Andreas Pereira centralizado jogando perto dos atacantes e com Arão e Thiago Maia dando cobertura, o primeiro tempo teve domínio completo do Flamengo. Com poucos segundos de jogo, o Rubro-negro já assustou com um chute de fora da área de Kenedy, mas o goleiro Douglas, do Juventude, fez a defesa.

Aos 9 minutos, Matheuzinho fez uma grande jogada pela direita, limpou a marcação e acertou um míssil, a bola explodiu na trave e saiu. A intensidade surtiu efeito e aos 11 minutos, Kenedy tabelou pelo lado direito com Pedro, recebeu passe de letra e só teve o trabalho de limpar a marcação e chutar firme para abrir o placar. Foi o primeiro gol do atacante, emprestado pelo Chelsea, com a camisa do Flamengo.

Aos 25, foi a vez de Pedro fazer o Maracanã explodir. Após passe de Filipe Luís para Michael, o atacante ganhou de Paulo Henrique e cruzou rasteiro para o centroavante, que só empurrou para o fundo do barbante. Com muita intensidade, aproximação dos jogadores e confiança, o Rubro-negro continuou sufocando o Jaconero e chegou ao terceiro gol.

Após falta sofrida por Michael na intermediária, Andreas Pereira foi para a bola e acertou um foguete direto para o gol, a bola bateu na junção da trave com o travessão e balançou as redes. Após 1221 dias, o rubro negro voltou a marcar um gol de falta. O Juventude só foi assustar aos 40 minutos após cobrança de escanteio, Vitor Mendes desviou e mandou para fora perto do gol. 

O segundo tempo foi menos intenso pelo lado do Flamengo e o Jaconero aproveitou essa queda de intensidade e foi para cima do rubro negro. Aos 5, Paulinho Boia arriscou do meio da rua e a bola passou perto do gol de Diego Alves.

Aos 11, o Juve diminuiu o marcador. Chico cobrou escanteio pelo lado esquerdo e Willian Matheus desviou direto para o gol. Foi o primeiro gol do lateral na temporada. Aos 25 teve mais Juventude no ataque. Dessa vez com Capixada, o atacante soltou uma bomba do meio da rua e a bola passou perto do gol do Flamengo.

Um gol do clube gaúcho colocaria fogo no jogo, mas o Juve não conseguiu manter o ritmo e foi o Flamengo que chegou mais perto de ampliar o placar. Aos 35, Rodinei rolou na entrada da área para Andreas Pereira. O meio campista chutou, a bola desviou na defesa e explodiu no travessão. Aos 39, após surgir uma falta pelo lado esquerdo do campo, Andreas bateu direto para o gol e mais uma vez parou no travessão. 

Classificação e próximos jogos

Com a vitória em casa, o Flamengo chegou aos 45 pontos e se isolou ma vice liderança - o Rubro-negro jogou apenas 23 das 26 rodadas do campeonato. O clube da Gávea volta a campo no domingo (17), contra o Cuiabá, as 20h30, no Maracanã.

Já o Juventude fica estacionado na 15ª posição com 28 pontos, um a mais que o 17º colocado. O Jaconero volta a campo no domingo contra o Grêmio, as 18h15, em Porto Alegre. 

VAVEL Logo