Pouco inspirado, Corinthians fica no empate com Portuguesa-RJ na Copa do Brasil
Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Em duelo inédito, Portuguesa-RJ e Corinthians ficaram no 1 a 1 no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil 2022, no estádio do Café, em Londrina, Paraná. Cafu, logo no início, abriu o placar para a Zebra, mas Jô evitou a derrota alvinegra nesta quarta-feira (20).

Longe de casa

Após duas vitórias jogando no estádio da Ilha do Governador na Copa do Brasil, a Portuguesa-RJ, que disputa a Copa do Brasil pela primeira vez e recebeu pouco mais de R$ 3 milhões em premiação pela campanha, negociou o mando de campo da partida contra o Corinthians.

A diretoria chegou a afirmar que adaptaria o Luso-Brasileiro para mandar a partida em sua casa - o estádio tem pouco mais de 5 mil de capacidade, sendo que a CBF exige no mínimo 10 mil lugares nesta fase -, mas acabou decidindo negociar o mando de campo ao invés de fazer as alterações ou levar a partida para outro estádio na cidade do Rio de Janeiro.

A maioria maciça no estádio do Café foi de torcida alvinegra. O público total da partida foi de 17.195 pagantes, com apenas cerca de 30 torcedores do time carioca, que tiveram viagem e entradas bancadas pela diretoria da Lusa.

Equilíbrio

O técnico Vítor Pereira, do Corinthians, poupou grande parte de seus titulares para a estreia do time na competição. Por conta da sequência de jogos do time na temporada, João Victor, Júnior Moraes, Lucas Piton, Paulinho, Raul Gustavo, Renato Augusto, Róger Guedes e Willian sequer viajaram para o Paraná.

A Portuguesa abriu o placar logo no primeiro minuto do jogo. Cafu acertou o canto direito do gol do Timão em chute da entrada da área. Jô tentou empatar aos 7 minutos, em toque de letra que assustou o goleiro George. Aos 19, Gustavo Mosquito chutou para o gol e George evitou o empate.

A Zebra voltou ao ataque aos 28, quando Claudinho chutou forte por cima do gol. Antes do intervalo, aos 44 minutos, o Alvinegro, mesmo em atuação apática, deixou tudo igual. recebeu cruzamento de Gustavo Mosquito e  balançou as redes do mandante.

O segundo tempo começou equilibrado. O Corinthians voltou com três alterações, mas o cenário pouco se alterou. Aos oito minutos, Giovane, que veio do banco, arriscou de fora da área e a bola foi pela linha de fundo. A Portuguesa respondeu aos 14, quando Jhonnatan tabelou e chutou de fora da área pela linha de fundo.

Aos 18, o Timão voltou ao ataque. Giovane recebeu passe de Mantuan e chutou com perigo. Dois minutos depois, a Portuguesa pressionou em chute de Rafael Pernão, que desviou em Bruno Melo. O Corinthians quase virou aos 32 minutos. Wesley recebeu cruzamento de Rafael Ramos e cabeceou por cima do travessão. No fim, o jogo voltou a ficar truncado e a igualdade prevaleceu.

Calendário

A partida de volta entre Corinthians e Portuguesa-RJ, na Neo Química Arena, acontece no dia 11 de maio, às 21h30. Quem vencer, avançar às oitavas de final. Em caso de empate, a decisão será nos pênaltis

Pela Série A, o Timão tem pela frente clássico contra o Palmeiras no sábado (23), às 19h, no Allianz Parque. A Lusa recebe o Oeste pela Série D no domingo (24), às 19h, no estádio Luso-Brasileiro

VAVEL Logo