Em jogo marcado por confusão na arquibancada, Ponte Preta bate Vasco pela Série B
Foto: Daniel Ramalho / CRVG

A Ponte Preta bateu o Vasco na noite desta quarta-feira (9) por 3 a 1 pelo Campeonato Brasileiro Série B. Em grande partida, a Macaca superou o rival e se afastou da zona de rebaixamento. Wallisson, Lucca e Fessin marcaram os gols da vitória pontepretana. Raniel descontou para o Vasco, que ficou na quarta posição na tabela, pressionado pelas equipes de fora do G-4.

Primeiro tempo agitado em campo e confusão nas arquibancadas

Jogando em casa, a Ponte Preta começou pressionando o Vasco em busca do gol. E foi recompensada com menos de 10 minutos de partida. Após cruzamento de Elvis, Wallisson cabeceou e o goleiro Thiago Rodrigues não conseguiu defender: 1 a 0.

Logo em seguida, o jogo foi paralisado devido a uma confusão generalizada na arquibancada do Moisés Lucarelli, entre torcedores de Ponte Preta e Vasco. O policiamento não estava no local da confusão e o jogo ficou paralisado por cerca de 10 minutos até a polícia chegar.

Depois que o jogo foi reiniciado, o Vasco se encontrou a partida a equipe trabalhou melhor a bola, principalmente quando Andrey Santos e Marlon Gomes trabalhavam a bola no meio de campo.

Na primeira boa chance cruzmaltina, Léo Mattos cruzou da direita e Raniel cabeceou com muito perigo.

Na segunda chance a bola entrou. Alex Teixeira bateu falta cruzada na área, a bola passou por todo mundo e entrou. Após alguns minutos de análise do VAR, foi notado que Raniel fez o desvio de cabeça, mas o jogador estava em posição legal e o gol foi validado. Tudo igual em Campinas.

A ponte tentou sair ao ataque para buscar o segundo gol, mas quem ficou mais perto de marcar foi o Vasco. Em mais uma boa jogada de Andrey Santos, Alex Teixeira recebeu e deixou Raniel na cara do gol. Ele deu um toquinho na saída do goleiro, mas mandou para fora, perdendo grande chance.

Gabriel Pec também obrigou o goleiro Caíque França a fazer boa defesa. Após 15 minutos de acréscimo, o primeiro tempo foi encerrado aos 60 minutos.

Macaca arrasadora

O Vasco começou o segundo tempo partindo pra cima da Ponte Preta em busca da virada. E teve algumas chances de marcar.

Primeiro, Marlon Gomes fez boa jogada pela esquerda e cruzou, Alex Teixeira e Zé Gabriel tentaram, mas a zaga da Ponte afastou o perigo.

Em seguida, Raniel e Alex Teixeira saíram na cara do gol. O primeiro marcou, mas o juiz assinalou impedimento. O segundo acertou a trave e perdeu a chance da virada.

E como diz um velho ditado no futebol, quem não faz, leva. E a Ponte Preta conseguiu chegar ao segundo gol. Elvis, jogador mais perigoso da Macaca na partida, cobrou escanteio na primeira trave. A bola foi desviada e sobrou para Lucca só empurrar para as redes.

E ainda houve tempo para o terceiro. Contra-ataque fulminante e Fessin mandou para as redes para marcar o terceiro e fechar o placar: Ponte Preta 3 a 1

Classificação e próximos jogos.

Com a derrota, o Vasco fica na quarta posição com 39 pontos. A Ponte Preta sobe para 11º com 29. A Ponte Preta se mantém a seis pontos da zona de rebaixamento e o Vasco a seis pontos do Londrina, atual quinto colocado.

O Vasco volta a campo no próximo sábado (13) contra o Tombense em São Januário. A Ponte Preta vai visitar joga fora de casa contra o Brusque, na sexta-feira (12).

VAVEL Logo