Palmeiras 2016: aposta em Cuca para deixar resultados negativos para trás e conquistar o Brasileirão

Equipe não conseguiu ter bom aproveitamento com o comando de Marcelo Oliveira; Mesmo com eliminações, Cuca conseguiu entrosar o time

Palmeiras 2016: aposta em Cuca para deixar resultados negativos para trás e conquistar o Brasileirão
(Foto: Editoria de Arte/VAVEL Brasil)

O Campeonato Brasileiro começa no próximo fim de semana, e além das contratações atuais de novos jogadores, a alteração no comando da equipe dentro de campo é uma das cartas que o Palmeiras poderá usar a seu favor.

Cuca comanda a equipe desde que março, e já afirmou que a torcida pode cobrar títulos em campeonatos de pontos corridos dele. Mesmo com as eliminações no Campeonato Paulista e na Libertadores da América, o técnico já vem fazendo bom trabalho e conseguindo entrosar melhor a equipe do Verdão do que o seu antecessor vinha fazendo.

Demitido após a derrota por 2 a 1 dentro de casa para o Nacional, pela Libertadores, Marcelo Oliveira não resistiu à pressão que o vinha assombrando há meses. Na época, o gerente de Futebol Alexandre Mattos afirmou que o técnico foi o mais vitorioso dos últimos três anos, inclusive dentro do Palmeiras, porém as coisas dentro do clube não estavam evoluindo da maneira que deveriam acontecer.

A demissão do comandante era cogitada já em 2015, após uma queda de rendimento na equipe. O presidente Paulo Nobre precisou intervir e alegou que o técnico era importante para a disputa na Copa do Brasil, título que o Palmeiras conquistou no fim daquele ano.

Mas outros fatores foram somados e culminaram na queda de Marcelo Oliveira. O Palmeiras não conseguia se encontram em campo e trabalhar boas jogadas, acertando passes e finalizações. No começo deste ano, o que mais era comum ser visto nos jogos da equipe eram vários chutões como forma de tentar ligar o setor do meio de campo aos jogadores do ataque, e até mesmo como alternativa utilizada pelos defensores da equipe.

Além de alguns rumores de que a convivência entre o comandante e os jogadores não era tão boa, os números mostram que o aproveitamento do técnico frente a equipe não estava sendo muito produtivo. Nos nove meses que esteve no Verdão, Marcelo conquistou 24 vitórias, 11 empates e 18 derrotas, número abaixo visto no trabalho de outros comandantes que passaram pelo clube.

Cuca já era sondado para assumir a equipe antes mesmo de Marcelo deixar o cargo. Em 2015, o técnico estava no Shandong Luneng, da China, e foi consultado sobre o interesse em comandar a equipe. Porém, o Palmeiras venceu a Copa do Brasil e Marcelo Oliveira ficou garantido no cargo por mais alguns meses. Três dias após o comunicado de Mattos sobre a demissão de Marcelo, Cuca estava sendo apresentado à imprensa no centro de treinamento do Verdão, e estaria à frente do time já na rodada seguinte do torneio continental.

A relação de Cuca com o Palestra é antiga, já que fez parte do elenco de 1992, consagrado pela parceria do time paulista com a Parmalat, percursos do grande elenco que viria a conquistar importantes títulos para o clube. Porém, ele foi transferido ao final daquele ano e foi defender a equipe do Santos.

Mesmo com a eliminação ainda na fase de grupos da Libertadores, Cuca acredita que a desclassificação serviu para uma nova formação do time, e que algo de proveitoso deveria ser tirado da situação. 

O técnico, inclusive, aproveitou o momento pós eliminação no Campeonato Paulista para afirmar que o Palmeiras deixou a competição de cabeça erguida, após uma boa campanha,  e declarou que a preparação para o Campeonato Brasileiro será intensa e que o time entra na competição para buscar o título.

E a preparação para o Brasileirão começou no dia 9, quando a equipe viajou pela quarta vez só neste ano para Atibaia, 70 km de São Paulo, para fazer o trabalho de concentração, e permanecerá lá até sexta-feira (13).

A torcida acredita no bom desempenho da equipe neste ano. Mesmo com as eliminações, o Palmeiras está visivelmente mais entrosado do que no ano anterior. Agora só resta esperar para ver os resultados que virão nos próximos meses. A estreia do Verdão será contra o Atlético Paranaense, no Allianz Parque, às 16 horas (Brasília).