Rangers vencem Montreal Canadiens e fica a um jogo da final da Stanley Cup

A cidade de New York está em festa, o time da casa venceu mais uma partida na série, dessa vez por 3 a 2, e está a um passo para a final da Stanley Cup. O próximo jogo da série que pode ser o decisivo vai ser em Montreal, no Bell Centre, na terça-feira (27), às 21 horas no horário de Brasília.

O primeiro período foi de pressão do Montreal, o time visitante veio pressionando em busca do resultado e uma segunda quebra de mando, mas com uma bela atuação do goleiro Henrik Lundqvist, o Rangers conseguiu sair sem levar gols na primeira parte, o primeiro gol dos Rangers na partida veio em um belo passe de Ryan McDonagh, ele conectou Carl Hagelin, que ficou sozinho com o goleiro e apenas tirou dele e enviou o puck para as redes, aos sete minutos. Logo aos 12 minutos, os Canadiens quase empataram o jogo, Brian Gionta soltou uma bomba, mas Lundqvist defendeu, e o primeiro período acabou 1 a 0 para os Rangers.

Na segunda parte, Martin St. Louis teve grande chance ampliar a vantagem dos Rangers, mas o goleiro Dustin Tokarski fez a defesa no primeiro chute, e no rebote, o mesmo Martin St. Louis chutou na trave, aos oito minutos, em bela trama ofensiva de Montreal, o time conseguiu ficar com dois contra um no ataque, Francis Bouillon chutou e marcou o gol de empate dos Habs.

Após sofrer o gol, o time dos Rangers foi ao ataque, Mats Zuccarello foi ao ataque, passou por trás do gol defendido por Tokarski e passou o disco para Derick Brassard, o central dos Rangers chutou mas Dustin Tokarski fez uma linda defesa. Faltando 50 segundos para acabar o período, Dan Girardi deu um passe longo que foi do gol dos Rangers até a linha azul dos Canadiens, e lá estava Brassard, ele dominou o puck e mandou uma bomba que baçançou as redes e os Rangers encerrou o segundo período liderando por 2 a 1.

No começo do terceiro período, os Canadiens se aproveitaram de uma vantagem numérica de jogadores para marcar o gol de empate, Andrei Markov passou o puck para P.K. Subban, que soltou um missíl em direção do gol de Lundqvist, que nada pode fazer, aos dois minutos. O jogo não teve muitos lances perigosos no terceiro período, mas no final do jogo, os Canadiens quase viraram a partida, Alex Galchenyuk chutou muito forte e o disco acertou o travessão. A partida acabou assim, seguindo para o overtime.

Com apenas seis minutos de prorrogação, Carl Hegelin mandou a bola para Martin St. Louis que estava livre, o ala direito apenas dominou a bola e chutou forte, marcando o gol da vitória do New York Rangers.

VAVEL Logo