Kings vencem Blackhawks na prorrogação e estão nas finais da Stanley Cup

Neste domingo (01), o Los Angeles Kings conseguiu uma histórica vitória sobre o Chicago Blackhawks jogando fora de casa por 5 a 4, na prorrogação, e garantiu vaga na decisão da Stanley Cup diante do New York Rangers após fechar a série por 4 a 3.

O último e decisivo Jogo 7 das Finais do Oeste da NHL colocava frente a frente duas equipes com os melhores aproveitamentos da liga nas últimas temporadas e que já haviam se enfrentado nessa fase na última temporada, com vitória para o Chicago Blackhawks. O time de Chicago conseguiu se recuperar muito bem na série e levar o confronto para o Jogo 7, que seria realizado em sua casa, mas o destino da vitória não foi o mesmo do ano passado e o Los Angeles Kings saiu vitorioso.

Com a torcida totalmente a seu favor, o Chicago Blackhawks conseguia ser mais objetivo nos primeiros minutos de jogo e exigia muitas defesas de Jonathan Quick, goleiro dos Kings que não conseguiam manter a posse do disco e muitas vezes seus ataques eram desperdiçados em razão do bom sistema defensivo montado pelos Blackhawks. Após uma jogada que envolveu muito o ataque do time de Chicago, Patrick Kane foi rápido e certeiro ao passar o disco para o livre Brandon Saad abrir o placar no United Center. Depois do gol marcado por Saad, o domínio do time da casa foi grande e três minutos após o primeiro gol, em uma jogada envolvendo o Powerplay, o ataque dos Blackhawks conseguiu atrapalhar a defesa dos Kings e Jonathan Toews precisou apenas empurrar o disco para dentro do gol e fazer 2 a 0 no placar.

O fim do primeiro período reservava muita emoção para os torcedores de ambas as equipes, faltando três minutos para acabar a primeira parcial o ataque dos Blackhawks bobeou e viu o veterano Dustin Brown correr para o ataque e chutar com força ao gol de Corey Crawford que fez a defesa mas não impediu que Jeff Carter marcasse o primeiro gol dos Kings no Jogo 7. O time visitante conseguiu colocar pressão sobre os adversários e atacava com muito perigo, obrigando o time inteiro dos Blackhawks a recuar. Em menos de um minuto, Justin Williams pegou mais um rebote do goleiros do time da casa e empatou a partida. A superioridade dos Kings ao fim do primeiro período era nítida e o time conseguia manter a bola no ataque até uma bobeada de Tyler Toffoli que viu os Blackhawks recuperarem a bola para Patrick Sharp acertar um belo chute e deixar o time da casa na frente novamente.

O segundo período não teve a mesma intensidade que o primeiro e as equipes não conseguiam atacar com perigo, deixando assim o jogo mais violento. Só aos dez minutos da segunda parcial que o ataque dos Kings funcionou e Tyler Toffoli, que havia falhado no terceiro gol dos Blackhawks, deixasse tudo igual novamente nas Finais do Oeste. O jogo parecia movimentado outra vez após o empate dos Kings e nem o Powerplay fez com que os times ficassem apenas defendendo, e ao fim do segundo perído e com o Powerplay a favor dos Blackhawks, Patrick Sharp marcou novamente para o time de Chicago e colocou os mandantes mais uma vez a frente do placar.

O último período da série foi marcado pela pressão do time visitante que exigiu muito da defesa dos Blackhawks e do goleiro Corey Crawford. Enquanto a defesa se destacava, o sistema ofensivo do time de Chicago não conseguia ser objetivo e logo perdia a bola para os Kings que muito tentaram até Marian Gaborik, faltando sete minutos para o fim do jogo, colocar o disco dentro do gol após uma bela jogada do ataque dos Kings. O placar continuou empatado até o fim do terceiro período e a Final do Oeste seria decidida na prorrogação.

A prorogação estava bem encaminhada para uma vitória dos Blackhawks que chegaram com muito perigo ao gol do time de Los Angeles que pouco atacava. Mas após um contra ataque de Justin Williams, o canadense conduziu o disco até passar para Alec Martinez acertar um belo chute de longe e colocar os Kings nas Finais da Stanley Cup.

Com a vitória, os Kings se classificaram para sua terceria final na Stanley Cup, a segunda em três anos. O adversário do time de Los Angeles é o New York Rangers, que venceram os Canadiens nas Finais do Leste. O primeiro jogo da decisão será nesta quarta-feira (4), em Los Angeles.

Abaixo os melhores momentos da partida:

VAVEL Logo