França confirma favoritismo e é campeã do Mundial de Handebol Masculino
Daniel Narcisse vem colecionando títulos com a seleção francesa (Foto: Divulgação)

A França confirmou seu favoristimo e é novamente campeã mundial handebol masculino. Jogando em casa contra a Noruega, o time começou mal e sentiu a pressão, mas no segundo tempo voltou arrasadora e garantiu o título com facilidade por 33 a 26. Esse é o sexto título da seleção francesa e, em 17 anos, a equipe ganhou cinco taças mundiais.

França começa mal, mas conquista título

No início da partida uma surpresa. A Noruega conseguia marcar forte a seleção francesa e abusava dos arremessos de 9 metros, colocando uma vantagem de dois gols. A França tentava utilizar da habilidade de seus jogadores para entrar arremessar da linha de 6 metros, mas tinha muita dificuldade.

Com vinte minutos do primeiro tempo, a defesa norueguesa seguia parando os principais jogadores da França e no ataque contava com Tonnensen e Sagosen acertando todos os arremessos.

Faltando menos de dois minutos, a França acordou na partida com um tempo técnico e conseguiu buscar a virada impressionante, indo para o intervalo com a vantagem de um gol: 18 a 17.

Segunda etapa começou como era esperado e a França fez marcação forte e buscou os contra ataques rápidos. Em quatro minutos, a vantagem subiu de um para quatro gols, obrigando o técnico norueguês a parar a partida. A Noruega voltou para a partida, mas a França conseguia manter a vantagem em quatro gols.

Depois dos quinze minutos, a França, mostrando que é a melhor seleção do mundo, ligou a máquina e começou a aumentar a vantagem, indo para sete gols.

Com virada histórica, Eslovênia fica com o terceiro lugar

Jogando diante de uma forte Croácia, a Eslovênia começou mal e virou o primeiro tempo perdendo por 18 a 15. No segundo tempo, a equipe novamente conseguiu reverter uma grande desvantagem e, com fim sensacional, venceu por 31 a 30.

VAVEL Logo