Por meio das redes sociais, Tom Brady anuncia saída do New
England Patriots
Foto: David Silverman/New England Patriots

O principal nome de uma franquia, responsável pelo crescimento de um time em vários aspectos, sai do ambiente onde esteve por duas décadas. Na manhã desta terça-feira (17), o quarterback Tom Brady anunciou sua saída do New England Patriots. O jogador não se aposenta, mas finda uma das alianças mais bem-sucedidas da história do esporte. Desde 2001, o técnico Bill Belichick, o dono Robert Kraft e o próprio Brady construíram três pilares para erguer uma equipe que pouco aparecia em fases decisivas da NFL a um time detentor de recordes, muitos títulos e glórias.

Por causa de sua idade, os rumores de sua aposentadoria naturalmente aumentaram. Porém, o quarterback destacou que tem vontade de jogar até os 45 anos – atualmente Brady tem 42. Jogador e direção não chegaram a um acordo sobre uma extensão de contrato na última temporada. Com isso, as insatisfações em relação ao desempenho dos Patriots na última temporada, Tom Brady optou por usar a opção de free agent e procurou novos rumos em sua reta final de carreira.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

FOREVER A PATRIOT

Uma publicação compartilhada por Tom Brady (@tombrady) em

“Gostaria de agradecer pelos últimos 20 anos da minha vida e pelo comprometimento diário em vencer e criar uma cultura vencedora baseada em grandes valores. Sou grato por tudo o que vocês me ensinaram – eu aprendi com todos. Vocês todos me permitiram maximizar meu potencial e isso é tudo que um jogador pode esperar. Tudo que conquistamos me trouxe muita alegria e lições que eu aprendi e vou levar comigo para sempre. Eu não poderia ser o homem que sou hoje sem os relacionamentos que vocês permitiram construir. Eu me beneficiei de tudo que vocês me deram. Eu agarrei cada oportunidade que tive em fazer parte do nosso time e amo todos vocês por isso. Nosso time sempre foi um padrão para o esporte profissional e eu tenho certeza de que vai continuar a fazer exatamente isso. Apesar de minha jornada no futebol ir a outro lugar, eu sou grato por tudo o que alcancei e por nossos incríveis feitos como time. Tive o privilégio de ter oportunidades de conhecer cada um de vocês e ter memórias que criamos juntos”, publicou o jogador.

Robert Kraft, dono do New England Patriots | Foto: Reprodução/New England Patriots
Robert Kraft, dono do New England Patriots | Foto: Reprodução/New England Patriots

Após o anúncio de Brady em suas próprias redes sociais, o New England Patriots soltou um comunicado com declarações de Robert Kraft e Bill Belichick. O dono da equipe falou que não queria que o atleta deixasse o time, mas que não tem sentimentos rancorosos pela decisão do quarterback.

“Tom iniciou contato ontem à noite. Tivemos uma discussão positiva e respeitosa. Não é assim que eu quero que termine, mas quero que ele faça o que é necessário no seu melhor interesse pessoal. Depois de 20 anos, ele conquistou esse direito. Eu o amo como um filho. Embora triste hoje, o sentimento avassalador que sinto é o apreço por suas inúmeras contribuições à nossa equipe e comunidade”, falou.

Bill Belichick também falou sobre os 20 anos de parceria com Tom Brady e destacou que a relação entre ambos sempre foi muito terna e se considera um privilegiado por treinar um atleta cheio de recordes individuais e coletivos, que foram providenciais na ascensão da equipe na própria liga de futebol americano.

“Tom e eu sempre teremos um ótimo relacionamento construído com amor, admiração, respeito e apreço. O sucesso dele como jogador e seu personagem como pessoa são excepcionais. Foi um privilégio treinar Tom Brady por 20 anos”, disse o treinador.

Tom Brady e Bill Belichick, seu treinador por 20 anos | Foto: David Silverman/New England Patriots
Tom Brady e Bill Belichick, seu treinador por 20 anos | Foto: David Silverman/New England Patriots

Na continuação de suas publicações sobre o encerramento de ciclo na Nova Inglaterra, Brady fez questão de agradecer aos torcedores. O agora ex-quarterback dos Patriots destacou a presença maciça dos fãs nos treinos, nos jogos e nas recepções após os títulos conquistados e destacou a ampla receptividade da população de Massachusetts para uma pessoa nascida na Califórnia e que estudou em seu período universitário em Michigan.

“Gostaria de agradecer a todos os incríveis fãs dos Patriots. Massachusetts foi minha casa por 20 anos. Foram, de verdade, duas décadas das mais felizes que eu poderia imaginar para minha vida e não tenho nada além de amor e agradecimento pelo tempo em New England. Os torcedores têm sido calorosos – eu espero que todo jogador possa ter essa experiência. Meus filhos nasceram e cresceram aqui e vocês abraçaram esse garoto da California como se fosse de vocês. Eu amo o comprometimento e lealdade dos times de vocês e o que vencer significa para a cidade. Eu não posso agradecer a cada um dos torcedores. Os treinos lotados e os estádios com ingressos esgotados e, ainda mais, as paradas pelas vitórias. Eu fui muito abençoado por poder dividir isso com todos vocês. Tentei representar nosso time sempre da melhor e da mais honrável maneira, e lutei muito com meus colegas para ajudar a trazer vitórias e triunfos nas mais difíceis situações. Vocês abriram o coração para mim e eu abri meu coração para vocês. A Nação Patriots sempre vai fazer parte de mim. Não sei o que o futuro reserva para o meu futebol, mas é tempo de estar aberto para novos rumos na minha vida e na minha carreira. Eu agradeço do fundo do meu coração e vou sempre amar o que nós compartilhamos, uma vida inteira de ótimas memórias”, finalizou.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

LOVE YOU PATS NATION

Uma publicação compartilhada por Tom Brady (@tombrady) em

Em seus 20 anos no New England Patriots, Tom Brady disputou 285 partidas, com 219 vitórias, 563 touchdowns anotados e 74.571 jardas. Em prêmios individuais, foi MVP da temporada regular em 2007, 2010 e 2017 – mesma quantidade de Jim Brown, Brett Favre e Johnny Unitas, atrás de Peyton Manning – além de ter sido quatro vezes o MVP do Super Bowl. O quarterback foi o primeiro quarterback aos 42 anos de idade a começar todos os jogos de uma temporada regular e alcançaram 12 vitórias nessa fase em 13 temporadas. Ao New England Patriots, seis títulos do Super Bowl (2001, 2003, 2004, 2014, 2016 e 2018) em nove participações, nove títulos de conferência e 17 de divisão.

VAVEL Logo