Chicago Bulls vence Knicks e encerra sequência de vitórias
Bulls ainda tem três jogos nessa reta final e conta com o empenho de Robinson (Foto: Reprodução/NBA)

O Chicago Bulls está se tornando especialista em acabar com longas sequências de vitórias. Depois de encerrar a série positiva do Miami Heat, nesta quinta-feira (11) foi a vez do New York Knicks ir ao United Center, e com um saldo de 13 vitórias, perdeu para o Bulls por 118 a 111 no overtime.

Nos primeiros minutos de jogo o time de New York foi arrasador e chegou a abriu uma vantagem de 17 pontos terminando o primeiro quarto com sete pontos na frente. A partir do segundo período, o Bulls se encontrou em campo e começou a reação. Enquanto Carmelo Anthony e J.R. Smith faziam a diferença para o Knicks, Nate Robinson tomou as rédeas do time da casa e, ao lado de Jimmy Butler, teve determinação de sobra para virar o jogo.

No momento da definição e com a partida empatada em 105-105, Luol Deng recebeu a bola a oito segundos do final, invadiu o garrafão e errou o chute. Bola recuperada pelo Knicks, que em pouco mais de um segundo, deixou Carmelo em condições de ataque, mas ele acertou o aro.

Na prorrogação o jogo foi mais simples para o Bulls, com grande atuação de Robinson o time de Chicago fez 13-6 nos cinco minutos de desempate.

Pelo New York Knicks, Carmelo Anthony, maior pontuador da temporada, foi o destaque e anotou um double-double de respeito com 36 pontos e 19 rebotes. J.R. Smith não ficou atrás e fez 28 pontos e 14 rebotes.

No Chicago Bulls, Robinson fez 35 pontos, Jimmy Butler, que vem evoluindo constantemente na liga, fez mais 22 pontos e 14 rebotes e Carlos Boozer marcou mais 13 pontos e 15 rebotes.

Fato curioso entre as equipes é a vantagem que o Bulls leva na temporada. Os times se enfrentaram por quatro vezes e a franquia de Chicago venceu todos os jogos.

O próximo combate do time de New York será nessa sexta-feira (12) em Cleveland, contra o Cavaliers. Enquanto o Bulls vai a Toronto fazer frente ao Raptors na mesma data.

VAVEL Logo