Com muita facilidade, Miami Heat vence Chicago Bulls e praticamente garante a classificação
1 2 3 4 Total
Miami Heat 21 23 17 27 88
Chicago Bulls 15 18 9 23 65

Depois de perder duas partidas seguidas, o Chicago Bulls recebeu o Miami Heat, no United Center, buscando empatar a série e se manter vivo na disputa por uma vaga na final da Conferência Leste, mas o péssimo aproveitamento nos arremessos de quadra e a atuação pífia de Nate Robinson, que não acertou nenhuma das 12 tentativas, contribuiram para a vitória tranquila dos visitantes por 88 a 65.

Desde o começo da partida, a equipe de Erik Spoelstra dominou as ações e chegou a abrir 11 a 2 no placar. Jimmy Butler não foi o marcador implácavel das primeiras partidas e deixou LeBron James brilhar. O MVP terminou a partida com 27 pontos, sete rebotes e oito assistências e foi, ao lado de Chris Bosh, com 14 pontos, seis rebotes e quatro bloqueios, o destaque dos atuais campeões.

Já pela franquia de Chicago, o jogo foi trágico: o aproveitamento nos arremessos de quadra foi pífio, apenas 26,5% e Nate Robinson, que brilhou na série contra o Brooklyn Nets e vinha sendo a estrela da equipe, devido as ausências de Derrick Rose, Kirk Hinrich e Luol Deng, tentou 12 arremessos e não converteu sequer um. O aproveitamento da equipe nas bolas de longa distância também foi ridículo, apenas dois acertos em 16 tentativas. Carlos Boozer foi o único que se destacou um pouco, com 14 pontos e 12 rebotes.

Agora, as equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira, às 20h00, na AmericanAirlines Arena, em Miami. Uma vitória dos donos da casa, fecha a série. O contrário mantém os Bulls vivos e a espera de um milagre.

Destaques da Partida

LeBron James – 27 pontos, 7 rebotes e 8 assistências

Chris Bosh – 14 pontos, 6 rebotes e 4 tocos

Carlos Boozer – 14 pontos, 12 rebotes e 3 roubadas de bola

VAVEL Logo