Na prorrogação, Spurs vence Grizzlies e abre 2 a 0 na final de conferência
O 'trio de ferro' comemora a segunda vitória na série
  1 2 3 4 OT Total
San Antonio Spurs 15 31 30 9 8 93
Memphis Grizzlies 13 18 33 21 4 89

Na noite desta terça (22), o San Antonio Spurs recebeu o Memphis Grizzlies na segunda partida da final da Conferência Oeste. Após abrir vantagem tranquila no terceiro período, os donos da casa se complicaram e só resvoleram o jogo na prorrogação. Tony Parker foi o grande nome da partida. Com a vitória, a equipe do Texas abre 2 a 0 no confronto. O próximo jogo será na sexta feira (24), em Memphis.

No primeiro quarto, desempenho pífio onfesivamente de ambas equipes, os donos da casa tentaram 24 arremessos e acertaram apenas sete. Os visitantes acertaram seis dos 19 tentados, apenas 13 arremessos convertidos em quadra. Marc Gasol com seis pontos foi o principal pontuador do período, no Spurs, Green e Parker fizeram quatro cada.

Memphis fez dez pontos em três minutos no segundo período, nos nove minutos restantes do quarto a equipe voltou a errar muito e fez apenas oito pontos, terminando com 18, com isso a vantagem que era de dois pontos subiu para quinze, 46 a 31 no intervalo. Tim Duncan com oito, Bonner e Gary Neal que saíram do banco e fizeram cinco cada. Bayless e Dooling que também saíram do banco fizeram seis e cinco pontos respectivamente para o Grizzlies, a equipe ficou os cinco minutos finais do quarto sem fazer uma cesta de quadra.

Os ataques produziram muito bem no terceiro período, o que não adiantou para Memphis, que conseguiu cortar a diferença apenas para 12 pontos, 33 a 30 para os visitantes e 76 a 64 na ida para o último quarto. Tony Parker com quatro pontos e oito assistências no período comandou a equipe texana. Mike Conley apareceu na partida e anotou dez pontos. Memphis sentia falta de Zach Randolph, que assim como no primeiro jogo, ia mal e errava muitos arremessos.

O que parecia impossível aconteceu no último período, faltando oito minutos para acabar o jogo, a vantagem do Spurs era ainda maior, 13 pontos após bola de três do armador Tony Parker, mas depois disso, os donos da casa tentaram 13 arremessos e só acertaram um, com o brasileiro Splitter, com isso, Memphis empatou a partida e levou o jogo à prorrogação. Faltando 30 segundos para acabar, o Spurs vencia por quatro pontos, quando Ginobili fez falta dura em Tony Allen, o que rendeu uma flagrante, dois lances livres e a posse, foram quatro pontos em dez segundos, empatando o jogo. A bola decisiva foi chutada por Tim Duncan, sem sucesso. 85 a 85.

Na prorrogação, brilhou a estrela do ala-pivô Tim Duncan, ele fez seis dos oito pontos do Spurs, os outros dois foram anotados por Tony Parker e Joseph, em lances livres. As cestas do Grizzlies foram feitas por Bayless e Tony Allen. O armador que saiu do banco pra ser um dos destaques de Memphis, foi quem chamou a responsabilidade na prorrogação, ele tentou seis arremessos, mais da metade da equipe. 


Destaques do jogo

Tony Parker (SAS): 15 pontos, 18 assistências, 5 rebotes, 3 roubos.

Tim Duncan (SAS): 17 pontos, 9 rebotes, 3 assistências, 2 roubos, 3 tocos.

Marc Gasol (MEM): 12 pontos, 14 rebotes, 4 assistências, 3 tocos.

Jared Bayless (MEM): 18 pontos, 3 rebotes, 3 assistências, 2 roubos. Reserva.

Zach Randolph (MEM): 15 pontos, 18 rebotes, 2 tocos.

VAVEL Logo