Spurs vence primeira em Memphis e fica a um passo da final da NBA
Duncan novamente foi o destaque do jogo (Foto:Reprodução/ESPN)

Depois das duas primeiras partidas em San Antonio terminarem em vitória dos mandantes, Spurs e Grizzlies se enfrentaram em Memphis na noite deste sábado (25). Apesar de um começo fulminante, o time da casa não conseguiu segurar o Spurs, acabou derrotado e viu o sonho da primeira final de sua história ficar mais distante.

O começo da partida foi marcado pelos erros de arremessos e desperdícios de bola. Nos primeiros quatro minutos de jogo foram seis perdidas no jogo e apenas cinco pontos, anotados pelo Grizzlies. Aos poucos o time da casa foi se acertando em quadra, conseguiu uma sequência de 11 a 2, abriu larga vantagem, defendeu bem, obrigou Gregg Popovich a mudar o time inteiro e fechou o quarto em 29 a 13. No segundo período o Spurs acordou, devolveu logo a sequência de 11 a 2 e encostou no placar. O Grizzlies decaiu muito no ataque, anotou apenas 15 pontos, errou os últimos sete arremessos que tentou mas mesmo assim conseguiu chegar no intervalo ganhando por quatro pontos: 44 a 40.

O terceiro período foi marcado pelo equilíbrio. Pelo lado de Memphis, Pondexter e Bayless vieram bem do banco e contribuiram com oito dos 21 pontos da equipe. Pelo lado do Spurs, Ginóbili, Parker e Duncan comandaram as ações, anotaram 18 dos 24 pontos da equipe e cortaram a vantagem para apenas um ponto ao começo do último período. Então, o Spurs conseguiu uma sequência de 11 a 5 e virou o jogo mas o Grizzlies empatou logo na sequência e foi assim até Ginóbili colocar os visitantes na liderança por um ponto depois de acertar dois lances livres faltando 50 segundos. Na sequência Tony Allen também teve dois lances livres, acertou apenas um e empatou o jogo. Na última bola do Spurs, Ginóbili teve a chance de colocar uma bola de três mas, mesmo desmarcado, errou e o Grizzlies ainda teve a chance de vencer o jogo com Mike Conley que também falhou, levando o jogo para a prorrogação.

No tempo extra prevaleceu a experiência de Duncan e Parker, além da boa e surpreendente atuação ofensiva do brasileiro Tiago Splitter. Duncan anotou sete pontos, Parker cinco e Splitter seis pontos e o Spurs conseguiu anotar 18 pontos em cinco minutos contra apenas sete do apático e abatido Grizzlies. Foram cinco de Mike Conley e apenas dois de Zach Randolph, que novamente não conseguiu se impor no garrafão. Terceira vitória seguida da equipe do Texas que está apenas a um passo da sua 4ª final de NBA nos últimos 10 anos.

O jogo quatro da série ocorre na próxima segunda-feira (27), também em Memphis e o time da casa precisa da vitória para continuar vivo na série.

                                                             

                                                       DESTAQUES

Tony Parker (SAS) 26 pontos 5 assistências 3 roubos
Tim Duncan (SAS) 24 pontos 10 rebotes 5 assistências
Manu Ginóbili (SAS) 19 pontos 7 rebotes 5 assistências
Zach Randolph (MEM) 14 pontos 15 rebotes 9 rebotes ofensivos
Marc Gasol (MEM) 16 pontos 14 rebotes 5 assistências
Mike Conley (MEM) 20 pontos 4 assistências 5 roubadas

VAVEL Logo