Chicago Bulls massacra Milwaukee Bucks e se classifica às semifinais da Conferência Leste
Bulls/Divulgação

Nesta quinta (30) o Milwaukee Bucks recebeu o Chicago Bulls no Bradley Center, para o jogo seis da série, válida pela primeira rodada dos Playoffs da conferência Leste, onde dessa vez o time visitante não perdeu a oportunidade de conseguir a quarta vitória e manter o tabu, e diferentemente das outras partidas, o jogo não teve nenhum tipo de equilibrio e foi um massacre desde o começo, de um time que se mostrou determinado contra esse adversário, vencendo por 54 pontos, se tornando a maior diferença em uma vitória do time na história dos Playoffs e terceira num geral, e que agora pode pensar nos Cavaliers para série semifinal, que começa na próxima segunda em Cleveland

O jogo começou com tudo por parte dos visitantes, que eram fortes na defesa e no ataque, obrigando Jason Kidd a parar o jogo com menos de dois minutos, mas isso não adiantou de muita coisa, os Bucks seguiram errando muito e os Bulls jogando de forma muita agressiva nos dois lados da quadra e ia abrindo uma vantagem muito grande, chegando a ser de quase 20 pontos durante boa parte do quarto e acabou assim, sendo a diferença de 18 pontos ao fim dos primeiros doze minutos.

No segundo período as coisas não mudaram muito, seguiu uma partida em que apenas um time jogava e parecia disposto a finalmente conseguir sua classificação para as semis, depois de perder duas oportunidades, apenas em pequenos momentos os Bucks pareciam reagir, mas rapidamente Chicago reagia e aumentava mais ainda a diferença, chegando a passar dos 30 pontos, e as coisas pioraram quando Atentokumpo foi ejetado da partida, após fazer falta brusca em Mike Dunleavy Jr que foi o destaque do , e as esperanças de Milwaukee foram indo embora, com mais um quarto vencido pelos Bulls, agora por 14 pontos e aumentando a diferença para 32 pontos e reduzindo os Bucks a apenas 33 pontos em 24 minutos.

No inicio do terceiro quarto, nada mudou, os Bucks pareciam um time apático e já entregues a eliminação, ao contrário de Chicago, que respondiam muito bem as criticas de que o time já tava pensando nos Cavs, mas apesar disso, foi o período mais equilibrado da partida até então, porém com mais uma vitória dos Bulls, agora por cinco pontos, o “problema” é que o jogo parecia morno e com os atletas jogando num clima de partida resolvida, um já conformado pela eliminação e o outro já descansando para o próximo confronto.

No último período, não ocorreu o inesperado e um jogo morno foi a tona do período e desde o seu começo, reservas eram vistos em quadra e já na metade do quarto, jogadores que mal entraram durante a série, e até assim os Bulls levaram vantagem e venceram o período por 14 pontos.

Destaques do Jogo: Mike Dunleavy, cestinha do time com 20 pontos, Pau Gasol fez 19, além de oito rebotes e Joakim Noah que anotou Double-Double, com 11 rebotes e 10 pontos. 

VAVEL Logo