Guia VAVEL da NBA 2015/2016: Milwaukee Bucks
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

Milwaukee Bucks é uma das franquias menos midiáticas dos últimos anos, não está em um dos grandes centros dos EUA e possui uma das mais antigas arenas da NBA. O que não falta para os Cervos é história, a camisa tem muita identificação com os moradores de Winconsin, além de serem os responsáveis por draftar Kareem Abdul-Jabbar, um dos maiores jogadores da história e onde Oscar Robertson fez seu nome vencendo o título de 1971.

A ambição dos Milwaukee Bucks é voltar a sentir o gosto do protagonismo e para isso aposta em um trabalho jovem e muito promissor.

- O QUE ESPERAR NESTA TEMPORADA?

O Milwaukee Bucks tem um dos elencos mais jovens e promissores da NBA. A juventude é percebida até no banco de reservas, onde Jason Kidd, após 20 temporadas na NBA, treina seu segundo time na carreira. Dentro de quadra, os cervos estão recheados de jogadores jovens e com bons prospectos para a carreira, Michael Carter-Willians, Greg Monroe, Khris Middleton e o provável maior nome do time, Giannis Antetokounmpo se firmaram na rotação de Kidd.

Esses jovens são também conduzidos pelos já experiente O.J Mayo e fazem parte de um processo evolutivo. Um time tão jovem e explosivo tem tanto potencial para fazer uma grande temporada, quanto para fazer uma campanha irregular. A expectativa, porém, é otimista, com os jovens cada vez mais experimentados na liga e soltos para mostrar seu jogo. O objetivo da franquia é voltar aos playoffs e quem sabe até vencer uma série.


- COMO FOI A TEMPORADA ANTERIOR?

Bucks perderam a série por 4 a 2 (Foto: Getty Images)

Na última temporada, a equipe de Winconsin fez uma campanha literalmente regular. Dos 82 jogos disputados, foram 41 vitórias e 41 derrotas, que os levaram a sexta posição e garantiram a presença nos playoffs após ter feito sua pior temporada em 2013/14. Com vários altos e baixos durante a temporada, a equipe foi para a pós-temporada para lançar a sorte e acabou fazendo um bom papel. Os Bucks enfrentaram o Chicago Bulls logo na primeira rodada e mesmo contra um elenco bem mais qualificado e experiente, conseguiram vencer duas partidas e levar a série para o 6º jogo.


- QUEM É O CRAQUE:

Giannis Antetokoumnpo, ala

O grego vem chamando a atenção pelo tamanho e habilidade (Foto: Getty Images)

O grego de 21 anos é o queridinho em Milwaukee, sendo a 15ª escolha do primeiro round do Draft de 2013, o grego é a principal aposta da franquia para o futuro. Na última temporada, ''The Greek Freak" teve médias de 31 minutos por jogo, anotando 12 pontos e 5.6 rebotes. Antetokoumnpo fatalmente vai carregar o peso de ser o grande nome dos Bucks pelos próximos anos e tem potencial suficiente para levar a equipe a voar mais alto.


- FIQUE DE OLHO:

Michael Carter-Williams, armador

Carter-Williams lidera em passes (Foto: Getty Images)

Ninguém da mais assistências que Carter-Williams quando se trata de Milwaukee Bucks, o ex-jogador de Syracuse teve uma boa temporada no último ano e vem para se firmar na titularidade dos Bucks. Depois de ser escolhido pelo Philadelphia 76ers em 2013, que dava todos os sinais de que seria peça chave do ''rebuild'', o time da Pensilvânia optou por trocá-lo com a franquia de Winsconsin, mesmo com médias excepcionais para um calouro. Michael Carter-Williams terá a oportunidade de evoluir seu jogo com Jason Kidd, além de carimbar sua personalidade dentro da liga enquanto é treinado por um dos maiores armadores dos últimos tempos.


- GINÁSIO DA EQUIPE:

Bradley Center pode estar na contagem regressiva (Foto: Getty Images)

Historicamente conhecida como Bradley Center, a casa dos Milwaukee Bucks carrega com si o peso de ser uma das três arenas mais tradicionais de toda a NBA, construída em 1988. Devido justamente a sua longevidade, a arena está com os dias contados. Isso porque os Bucks conseguiram o aval para a construção de seu novo ginásio e em breve devem deixar o Bradley Center.

VAVEL Logo