Guia VAVEL da NBA 2015/16: Los Angeles Clippers
(Foto: Hugo Alves/ Editoria de Arte VAVEL)

Nos últimos anos, o Los Angeles Clippers se tornou uma franquia forte na NBA. Com boas campanhas na Conferência Oeste, tem aparecido constantemente nos playoffs e conta com grandes jogadores como Chris Paul e Blake Griffin. O talento de ambos levaram a equipe mais longe desta vez. O Clippers ficou a uma vitória de chegar à final da conferência, algo inédito em sua história.

Entretanto, o talento de Paul e Griffin não foi o suficiente para a equipe conseguir chegar numa decisão, apesar de ter um time forte. A equipe que sempre caía cedo nos playoffs se superou e surpreendeu. Ficou uma vitória de bater seu recorde de vitórias numa temporada regular – se não fosse a lesão de Blake Griffin que o tirou de 15 jogos, conseguiria facilmente – e conseguiu eliminar o San Antonio Spurs, atual campeão na época, nos playoffs, em grande série de Chris Paul, que decidiu o jogo 7 jogando lesionado.

O Clippers foi eliminado pelo Houston Rockets na semifinal da Conferência Oeste. Ficou uma vitória de chegar à final inédita de conferência. Para esta temporada, a franquia da Califórnia fez grandes contratações e está com um dos elencos mais fortes da liga. Será que desta vez a equipe supera os problemas de lesões e rotação e consegue chegar numa final? Será que nesta temporada o Clippers conquistará seu primeiro título?

Foto: Divulgação/Clippers

- O que esperar nesta temporada?

A expectativa para os fãs dos Clippers é alta nesta temporada. A equipe tem o melhor time de sua história, e se já contava com grandes jogadores antes, agora tem mais boas opções ainda em seu elenco. O Clippers faz parte dos times que entram como favoritos ao título da conferência oeste.

A franquia realizou boas aquisições. Se Doc Rivers não tinha com quem contar e confiar no banco na temporada anterior – com a exceção de Jamal Crawford – nesta temporada o treinador tem inúmeras opções. O nível melhorou com as chegadas de Paul Pierce (ala ex-Washington Wizards), Lance Stephenson (ala-armador, ex-Charlotte Hornets), Wesley Johnson (ala, ex-Los Angeles Lakers), Pablo Prigioni (armador, ex-Houston Rockets), Josh Smith (ala-pivô, ex-Houston Rockets), Luc Richard Mbah-a-Moute (ala-pivô, ex-Philadelphia 76ers), Cole Aldrich (pivô,ex- New York Knicks) e Chuck Hayes (pivô, ex-Toronto Raptors).

Quem sabe nesta temporada não venha o primeiro título da franquia? Doc Rivers é um treinador acostumado com títulos. O último título de Doc foi no Boston Celtics em 2008. Naquele time, inclusive, Paul Pierce fazia parte e era uma das grandes estrelas. Juntando isso com talentos como Chris Paul e Blake Griffin, o Clippers tem tudo para ir mais longe em 2015/16.

- Como foi a temporada anterior?

Mesmo sofrendo com falta de opções no banco, o Clippers conseguiu uma grande campanha na temporada regular, obtendo 56 vitórias e 26 derrotas em 82 jogos, campanha idêntica ao do Houston Rockets, mas a equipe ficou na terceira posição nos critérios de desempate.

Nos playoffs, o primeiro adversário foi o San Antonio Spurs, o atual campeão da época. Foi uma série fantástica, decidida no jogo 7, no Staples Center, em Los Angeles. Chris Paul, lesionado, decidiu o jogo para o Clippers e classificou a equipe para a semifinal.

Com seu principal jogador debilitado, o Clippers sofreu na semifinal contra o Houston Rockets, um dos melhores times da liga que tinha James Harden, que foi um dos candidatos ao prêmio de MVP (acabou derrotado por Stephen Curry, do Golden State Warriors). A franquia de Los Angeles conseguiu levar a série até o jogo 7 outra vez, desta vez a decisão foi no Texas, e a equipe foi eliminada, ficando a uma vitória de chegar numa final inédita em sua história.

- Quem é o craque?

Chris Paul, armador

O armador Chris Paul tem um talento incrível e é o craque de Los Angeles. Paul consegue melhorar o rendimento de toda a equipe ao seu redor. Mesmo com a ausência de Blake Griffin por 15 jogos na temporada regular, CP3 conseguiu ditar o ritmo da equipe praticamente sozinho.

Na temporada 2014/15, Chris Paul liderou o ranking de assistências com 10,2 por jogo. Paul foi selecionado para o All-NBA Second Team e NBA All-Defensive First Team da temporada. O armador obteve medias de 19,1 pontos, 4,6 rebotes e 10,2 assistências por jogo.

- Fique de olho

DeAndre Jordan, pivô

Mesmo com os destaques de Chris Paul e Blake Griffin, o pivô DeAndre Jordan conseguiu se destacar no Los Angeles Clippers na temporada 2014/15 e foi um dos jogadores que mais valorizaram no mercado ao término da temporada. Procurado até pelo rival Los Angeles Lakers, DeAndre Jordan resolveu continuar no Clippers e brigar por títulos.

Na temporada 2014/15, DeAndre Jordan obteve a melhor média de rebotes (15 por jogo) e a melhor porcentagem de arremessos (71%). Foi selecionado para o All-NBA Third Team e NBA All-Defensive First Team.

Um dos melhores defensores da liga, ninguém duvida da marcação de Jordan perto do aro. É difícil passar por ele. Quando ele não dá toco, força o oponente a arriscar arremessos sem perigo. O impacto dele neste setor força os adversários que tentam infiltrar hesitar na hora.

- Arena da equipe

O Staples Center é a casa do Los Angeles Clippers. Localizada em Los Angeles, na Califórnia, é o principal ginásio da cidade. Tem capacidade para 18,997 pessoas em jogos de basquete. O Clippers divide o local com outra equipe de Los Angeles na NBA, os Lakers.

VAVEL Logo