Anderson Varejão e Leandrinho analisam jogos contra Colômbia e Chile pelas Eliminatórias

Principais atletas da seleção comentou sobre as seleções chilena e colombiana, adversários do Brasil nos próximos dias em Goiânia

Anderson Varejão e Leandrinho analisam jogos contra Colômbia e Chile pelas Eliminatórias
Varejão, Leandrinho e Petrovic na coletiva da Seleção Brasileira de Basquete em Goiânia. (Foto: Arquivo Pessoal)

Em meio á semana de jogos decisivos para a Seleção Brasileira de Basquete, o pivô da equipe do Flamengo, que já teve passagens por Cleveland Cavaliers e Golden State Warriors, Anderson Varejão, comentou sobre as partidas do Brasil á serem realizadas contra a Colômbia e o Chile, nos dias 22 e 25 de fevereiro, na cidade de Goiânia.

"A gente jogou contra o Chile, sabemos que somos superiores á eles. A gente tem que entrar respeitando e cada jogo é uma história, sabendo o que é o mais importante pra gente. Não é ganhar do Chile, não é ganhar da Colômbia, temos que entrar pra fazer nosso trabalho e se preparar pra aquilo que a gente como objetivo, que é chegar bem e classificar para a Copa do Mundo na China.", disse Varejão.

O ala da Seleção Brasileira e da equipe do Franca, Leandrinho, também fez um parâmetro sobre os jogos que serão realizados no Goiânia Arena pelas Eliminatórias Sul-Americanas de Basquete.

"É uma preparação para a segunda janela. Independente do time que vamos enfrentar, seja Chile ou Colômbia, é sempre um jogo importante. Vivemos aprendendo com esses jogos. O Petrovic (treinador) falou que temos que focar muito na defesa, pois defesa é numero um, e sem a posse de bola nós não podemos correr, que é a segunda coisa que temos dentro de quadra. Serão jogos pra arrumarmos a equipe e treinar nossa defesa, e fazer o que sabemos, que é puxar a bola e ir pra cesta", disse Leandrinho.

Mudanças na convocação

O técnico croata que comanda a seleção brasileira, Aleksander Petrovic, foi obrigado á fazer mudanças na convocação da Seleção Brasileira para os jogos contra Colômbia e Chile. Rafa Luz e Alex Garcia tiveram problemas com lesões e de saúde e foram cortados.

Com isso, Petrovic chamou Ricardo Fischer, do Bilbao (ESP) e Jhonatan Luz, do Paulistano, para compor a convocação. O Brasil não convocou nenhum jogador brasileiro que esteja atuando na NBA, a principal franquia do basquete mundial. A justificativa de Petrovic é testar a seleção com outros nomes, principalmente do basquete brasileiro.

O Brasil enfrenta a Colômbia na quinta-feira (22), ás 19h, no Goiânia Arena. Três dias depois, o adversário será o Chile, no domingo (25), ás 20h, também no mesmo local. A seleção brasileira tenta uma das vagas para a Copa do Mundo de Basquetebol 2019, que será realizada na China.