Só LeBron James? Confira cinco motivos para acreditar no Cleveland Cavaliers nos playoffs

Só LeBron James? Confira cinco motivos para acreditar no Cleveland Cavaliers nos playoffs

Equipe de Ohio sofreu, mas conseguiu chegar bem para a reta final da temporada do melhor basquete do mundo

HugoA
Hugo Alves

É difícil resumir com precisão a temporada do Cleveland Cavaliers. Após um início de temporada animador com a chegada de nomes de peso a equipe precisou passar por uma reformulação para chegar aos playoffs. 

Pensando nisso, nós da VAVEL Brasil montamos uma lista com os cinco motivos para você, torcedor do Cavs ou entusiasta do basquete americano, acreditar em uma boa campanha do time de Ohio na pós-temporada. Confere aí! 

1. Novo Cavs

Sem raça e defesa, Cleveland chegou no meio da temporada precisando de motivação para evitar, até mesmo, ficar de fora da pós-temporada. Principal expoente do deadline day, os Cavs trocaram Frye e Thomas por Clarkson e Nance Jr. Além de Crowder, Rose e Shumpert por Hill e Hood.

A mudança daria (e deu) ao time maior empenho defensivo, principalmente pela saída de Thomas, que além de não conseguir desempenhar bem o seu papel na marcação, ainda - segundo rumores - não tinha bom relacionamento com peças importantes no grupo.

2. Banco produtivo

Ter um bom banco é indiscutivelmente um dos atributos que fazem as equipes irem mais longe nas temporadas. Não perder o poder de pontuar quando seus astros não estão em quadra fazem total diferença na hora de vencer grandes equipes. 

Em Cleveland não é diferente. Apesar dos grandes nomes que começam as partidas, o banco é um fator diferencial e demonstra isso jogo após jogo. No ranking, os Cavs ficam em sexto lugar no atributo pontos marcados pelo banco com média de 41.3 pontos. 

Brian Sevaldo/NBAE/GettyImages

Do banco saem peças importantes como Cedi Osman, Kyle Korver, Rodney Hood, Jordan Clarkson e até mesmo Jeff Green, em determinados momentos. Todos os citados acima reúnem, em diferentes aspectos, condições para mudar o jogo em favor do time de Ohio. 

3. Dellavedova 2.0? 

Na campanha do único título da liga da história do Cavaliers, Matthew Dellavedova foi peça fundamental defensivamente falando. O australiano fez jogo duro durante todos os playoffs e brilhou no jogo 3 da final contra o Golden State Warriors. 

Nesta temporada, um nome também não-americano se destaca com a camisa vinho e dourada pelo mesmo motivo. Cedi Osman, calouro turco de 22 anos já caiu nas graças da torcida pela sua garra e animação dentro das quatro linhas, além do seu bom poder de marcação. 

NBAE/Getty Images

Osman, assim como Delly, não se resume apenas ao setor defensivo e consegue contribuir bem com bolas de três. O fenômeno turco não é lá dos mais técnicos, mas consegue impactar todo o time com sua energia. Um bom desempenho da equipe nos playoffs, ou até mesmo o título, passam por um Cedi Osman motivado e inspirado defensivamente. 

4. Kevin Love

Desde que voltou ao time, após lesão na mão, Love deu amostrar da sua capacidade quando junto de LeBron James. Das 12 partidas que disputou desde que retornou, Cleveland venceu 10, com contribuição direta do jogador para o resultado.

NBAE/Getty Images

Eficaz dentro do garrafão na briga pelos rebotes e fora dele nos arremessos para três pontos, Love demonstra uma nova "versão" da sua maneira de jogar, se dedicando cada vez mais ao setor defensivo e com arremesso do perímetro mais certeiro do que nunca. 

5. LeBron James

Vivendo uma das melhores temporadas da sua carreira, mesmo no auge de seus 34 anos, LeBron é o melhor jogador da NBA em 2018 e briga com James Harden pelo posto de MVP da temporada regular.

NBAE/Getty Images

King James, como é conhecido, tem números incríveis nos playoffs e sempre desequilibra para o seu time. Nesta temporada, o camisa 23 de Ohio abusou das bolas de três pontos e se preocupou bem mais com seus companheiros de equipe, distribuindo assistências fantásticas. 

 

 

 

VAVEL Logo

    Basquete Notícias

    há 2 meses
    há 2 meses
    há 19 dias
    há 3 meses
    há 3 meses
    há 3 meses
    há 4 meses
    há 4 meses
    há 4 meses
    há 4 meses
    há 4 meses