Após 14 anos, Minnesota retorna aos playoffs da NBA sob comando de Jimmy Butler
(Foto: Divulgação/Minnesota Timberwolves-NBA)

Após 14 anos, Minnesota retorna aos playoffs da NBA sob comando de Jimmy Butler

Estrela dos Wolves foi fundamental nas últimas partidas para colocar a equipe de volta as fases finais depois de longo jejum

renatokubaszewski
Renato Kubaszewski

Não foi fácil, mas após 14 anos sem disputar os playoffs da NBA, o Minnesota Timberwolves volta mais uma vez para as fases finais da liga. Graças a Jimmy Butler e a grande temporada de Andrew Wiggins e Karl-Anthony Towns, junto com o trabalho do técnico Tom Thibodeau, os Wolves retornam aos playoffs e chegam com muita motivação e vontade para a reta final da temporada.

Se classificando como oitavo colocado na Conferência Oeste com 47 vitórias e 35 derrotas, o Timberwolves chegou aos playoffs com a última vaga da conferência e vai enfrentar já na primeira rodada o Houston Rockets, líder geral da NBA com 65 vitórias e 17 derrotas.

A franquia voltou a sentir a sensação de estar nos playoffs da NBA, coisa que não acontecia desde a temporada 2003/2004, quando Kevin Garnett era a grande estrela da equipe e conduziu os Wolves para os playoffs de 2004. Muitas coisas aconteceram, muito tempo passou e 14 anos depois a equipe voltou a chegar nas finais da temporada, graças a chegada de Jimmy Butler como nova estrela da equipe.

Com a chegada de Jimmy Butler, Taj Gibson, Jeff Teague, Jamal Crawford e Derrick Rose (já na reta final), a equipe que já contava com Karl-Anthony Towns, Andrew Wiggins e o técnico Tom Thibodeau começou a se desenhar como uma força no Oeste e a classificação para os playoffs já se via mais possível do que nunca.

Apesar de uma ótima temporada e campanha dos Wolves durante a temporada regular, a equipe que chegou a estar na quarta colocação do Oeste se viu ameaçada a ficar fora dos playoffs nas últimas semanas de temporada, muito disto pela lesão de Jimmy Butler. O ala dos Wolves teve uma lesão no joelho e desfalcou a equipe por três semanas, fazendo o time perder partidas importantes e precisando lutar pela vaga nos playoffs até a última rodada.

(Foto: Divulgação/Minnesota Timberwolves-NBA)

Retornando às quadras apenas na última semana de jogos, Jimmy Butler voltou fundamental e decisivo para garantir a classificação dos Wolves. Brigando por uma vaga no Oeste na última partida da temporada contra o Denver Nuggets, onde só a vitória interessava para as duas equipes, Jimmy Butler brilhou e liderou a vitória dos Wolves na prorrogação por 112 a 106. Destaque da equipe, Butler anotou 31 pontos, 5 rebotes e 5 assistências na vitória sobre o Denver.

Na grande campanha que colocou os Wolves de volta aos playoffs, Butler, Towns e Wiggins formaram um poderoso trio muito perigoso na NBA. As três principais estrelas do Minnesota terminaram a temporada com ótimas médias. Jimmy Butler anotou 22.2 pontos, 5.3 rebotes e 4.9 assistências por partida, em 59 jogos. Towns registrou 21.3 pontos e 12.3 rebotes por partida, enquanto Wiggins ficou com 17.7 pontos e 4.4 rebotes por partida. Ambos terminaram a temporada jogando todos os 82 jogos dos Wolves. Uma jovem equipe que já faz história com a camisa de Minnesota.

Mesmo com Jimmy Butler sofrendo uma ruptura no menisco do joelho no mês passado, o astro cumpriu suas semanas de recuperação e já retornou 100% para ajudar os Wolves, chegando aos playoffs com a sua melhor forma física. Junto com Wiggins, Towns e o comando do técnico Thibs, Butler será novamente o encarregado a conduzir o Timberwolves, mas desta vez em um desafio ainda mais complicado. Porém nada que assuste tanto a equipe que chega cheia de vontade e animada para enfrentar os Rockets.

Apesar de os playoffs terem início neste sábado, o primeiro jogo entre Houston Rockets e Minnesota Timberwolves será no domingo (15), às 22h. A partida que dará o pontapé inicial na eliminatória entre Wolves e Rockets será na Arena Toyota Center, casa do Houston.

VAVEL Logo

Basquete Notícias

há 2 meses
há 2 meses
há 23 dias
há 3 meses
há 4 meses
há 4 meses
há 4 meses
há 4 meses
há 4 meses
há 4 meses
há 4 meses