Guia VAVEL da Copa do Mundo 2018: Peru

Depois de quase quarenta anos sem participar do Mundial, Peru retorna e já conquista a primeira vitória: a liberação de Guerrero para disputar a Copa do Mundo

Guia VAVEL da Copa do Mundo 2018: Peru
Foto: VAVEL Brasil

 Trinta e seis anos foi o tempo em que os peruanos ficaram sem ver a seleção de disputar uma Copa do Mundo. O maior território do mundo será o local em que o Peru voltará a disputar um Mundial e tentar se classificar entre os dois primeiros do grupo C, que conta com Austrália, Dinamarca e França. O futebol é visto como paixão nacional, porém o povo peruano vive uma crise política generalizada, já que houve a renúncia do ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski, conhecido como PPK, por suposto envolvimento em escândalo da Odebrecht. Governabilidade democrática na atualidade. Logo, a participação do país na Copa da Rússia vive expectativa para amenizar o contexto político conturbado em 2018.

Nas eliminatórias Sul-Americana, o Peru ficou em quinto lugar, com 26 pontos, à frente do Chile e do Paraguai. Com isso, teve que disputar a repescagem contra a Nova Zelândia. No placar agregado, a seleção peruana venceu por 2 a 0 e garantiu a vaga para o Mundial da Rússia. Sendo assim, o Peru disputará pela quinta vez a Copa do Mundo. A melhor campanha foi em 1970, disputada no México, quando chegou às quartas-de-final. No ranking da FIFA divulgado recentemente, a seleção peruana está na 11ª posição, com 1.125 pontos.

Expectativa do povo peruano

O fato de ter ficado tanto tempo sem disputar uma Copa do Mundo, faz com que o país viva uma grande expectativa. Por conta disso, a Federação Peruana de Futebol realizou um vídeo de apresentação que foi postado em sua conta do twitter e enviado às seleções do grupo C (França, Dinamarca e Austrália). No vídeo é possível ter um parâmetro do país que demonstrou as crises e os problemas sociais que enfrenta até hoje. Além disso, o vídeo enaltece o atual elenco da seleção nacional e a força do povo peruano:

Jogadores convocados

            A Federação Peruana divulgou a lista de convocados no dia 3 de junho, com uma notícia muito boa: a convocação de Paolo Guerrero, que havia sido punido por doping e não podia jogar futebol por 14 meses. Com isso, o técnico Ricardo Gareca retirou o meio-campista Sergio Peña que estava na lista de relacionados divulgada anteriormente.

Confira os 23 atletas da seleção peruana que disputarão a Copa do Mundo:

Goleiros: Carlos Cáceda (Deportivo Municipal-PER), José Carvallo (UTC-PER) e Pedro Gallese (Veracruz-MEX)

 Defensores: Luis Advíncula (BUAP-MEX), Aldo Corzo (Universitario-PER), Alberto Rodríguez (Junior Barranquilla-COL), Miguel, Trauco (Flamengo-BRA), Miguel Araujo (Alianza Lima-PER), Anderson Santamaría (Puebla-MEX), Nilson Loyola (Melgar-PER) e Christian Ramos (Veracruz-MEX)

Meio-campistas: Yoshimar Yotún (Orlando City-EUA), Christian Cueva (São Paulo-BRA), Paolo Hurtado (Vitória de Guimarães-POR), Renato Tapia (Feyenoord-HOL), Edison Flores (Aalborg-DIN), Andy Polo (Portland Timbers-EUA), Pedro Aquino (BUAP-MEX) e Wilder Cartagena (Veracruz-MEX)

Atacantes: André Carrillo (Watford-ING), Jefferson Farfán (Lokomotiv Moscou-RUS), Raúl Ruidíaz (Morelia-MEX), e Paolo Guerrero (Flamengo-BRA)

Foto: Divulgação/Seleção Peruana
Foto: Divulgação/Seleção Peruana

Destaque

Com 34 anos, Paolo Guerrero jogará a sua primeira Copa do Mundo e será o principal jogador da seleção peruana. O atacante é o maior artilheiro da seleção, com 33 gols em 87 jogos. Na primeira partida que jogou após a suspensão, Guerrero marcou dois gols contra a Arábia Saudita e foi o protagonista do jogo. Em 2018, o camisa 9 marcou apenas um gol pelo Flamengo, contra a Chapecoense, em três jogos disputados.

Foto: Divulgação/Seleção Peruana
Foto: Divulgação/Seleção Peruana

Técnico

O técnico Ricardo Gareca foi papel fundamental para a classificação do Peru à Copa, pois colaborou para melhorar o desempenho da seleção. Com isso, apostou em jogadores novos junto aos experientes Paolo Guerrero e Jefferson Fárfan. A seleção peruana é organizada, utiliza a força física de maneira positiva e os pontas têm importante papel com uma transição veloz.

Gareca tem experiência em diversos clubes da América do Sul, como Palmeiras, Independiente, Quilmes, Argentinos Juniors. A seleção peruana atua no esquema tático 4-4-1-1: Gallese; Advíncula, Santamaria, Ramos e Trauco; Carrillo, Yotún, Tapia, Flores e Cueva; Guerrero.

l
Foto: Divulgação/Seleção Peruana

Campanha na última Copa 

O último mundial que o Peru disputou foi em 1982, na Espanha. Integrante do grupo A, a seleção peruana empatou as duas primeiras partidas contra Camarões e Itália, respectivamente, por 0 a 0 e 1 a 1. Na última partida, o Peru perdeu de goleada para a Polônia por 5 a 1. Com isso, ficou na vigésima colocação e obteve uma campanha ruim.

Jogos do Peru na Copa do Mundo de 2018

A seleção peruana estreia contra a Dinamarca, no estádio Saransk, às 13h, no dia 16 de junho. Na segunda rodada, o jogo mais difícil contra a França, no estádio Ecaterimburgo, ao meio dia no dia 21 de junho. A última rodada é contra a modesta Austrália, no estádio Olímpico de Sochi, às 11h, no dia 26 de junho.