Chelsea vence Southampton em casa e assume liderança da Premier League
Divulgação/ Chelsea

Chelsea e  Southampton se enfrentaram, neste sábado (2), pela sétima rodada da Premier League. Os comandados de Thomas Tuchel  vinha carregando duas derrotas consecutivas, tropeços diante do Manchester City, no torneio nacional, e Juventus, na Champions League. Em Stamford Bridge, os Blues tiveram a chance de reação contra o Southampton, que ainda busca sua primeira vitória na temporada, pelo placar de 3 a 1.   Os gols da equipe londrina foram marcados por  Chalobah, Timo Werner e Chilwell, enquanto  Ward-Prowse descontou para Saints.

Em um primeiro tempo bastante movimentado, o mandante iria enfrentar uma defesa consideravelmente bem qualificada: o Southampton havia sofrido apenas sete gols até entrar em campo. Resultado de jogo pegado lá e cá, mas o  Chelsea teve ótimas chances de ir pro intervalo com o placar de 3 a 0, só que a arbitragem entrou em ação.

Após escanteio de Loftus-Cheek, Chalobah mergulhou de cabeça para o centro do gol para delírio do público presente. Os Blues continuaram pressionando o adversário. Logo veio a primeira chance de Romelu Lukaku. Passe espetacular de Kovacic, que encontrou Timo Werner em boa posição para acionar o atacante. O belga finalizou do meio da área, mas McCarthy estava muito bem posicionado e colocou para escanteio. O camisa 9 teria outra oportunidade, após passe em profundidade de Rüdiger, mas estava em  posição irregular e a arbitragem anulou o gol.

Aos 41', o Chelsea teve nova chance de ampliar o placar com Werner, de cabeça, porém, o VAR foi chamado. Novo tento anulado por conta de uma falta de Azpilicueta na origem da jogada.

Iniciou o segundo tempo com os Blues pressionando. Werner finalizou de fora da área, mas o goleiro defendeu. Aos 14', Valentino Livramento sofreu falta dentro da área e a arbitragem confirma o pênalti. James Ward-Prowse foi pra cobrança e converteu no canto esquerdo.

O gol do Southampton serviu de combustível pra equipe ir pra cima do Chelsea. Adam Armstrong até acertou belo chute com o pé esquerdo de fora da área, dano um susto na torcida do adversária. 

Os donos da casa resolveram ir pra cima também onde obtiveram duas chances com Chilwell e Werner. James Ward-Prowse foi de herói a vilão. O capitão, responsável pelo empate, recebeu cartão amarelo por uma entrada perigosa em Jorginho. O VAR entrou em ação novamente, chamando o juiz para rever o lance. O cartão foi trocado para vermelho. 

Tudo encaminhava o empate do Chelsea em casa, até que o destino sorriu a favor. Barkley lançou Azpilicueta na medida. O espanhol cruzou de primeira para Timo Werner balançar as redes. Logo em seguida um bombardeio azul no gol do Southampton. Surtiu efeito. Chilwell soltou uma bomba na ponta esquerda. McCarthy até foi buscar no ângulo, mas a bola já tinha entrado nos minutos finais.

O time consegue respirar depois dos resultados ruis e assume a liderança da Premier League de forma provisória, com 16 pontos conquistados. Já o Saints está na 17ª posição, somando quatro.

VAVEL Logo