Em jogo animado e com polêmicas, Liverpool derrota Atlético de Madrid
Foto: Divulgação / Liverpool

Fogo no parquinho, meus amigos!!!!! Valendo pela terceira rodada da UEFA Champions League 2021-22, tivemos a reedição de uma das oitavas de final da Champions de 2019/2020: Atlético de Madrid Liverpool se reencontraram para mediram forças no Wanda Metropolitano na tarde desta terça-feira (19).  Do lado dos donos da casa, o Atlético precisava se recuperar após empatar contra o Porto na primeira rodada. Já o Liverpool  queria vencer para manter o 100% de aproveitamento na competição.

O jogo foi bem quente. O Liverpool começou abrindo 2 a 0, com Salah e Keita, mas Antoine Griezmann empatou a partida com pouco mais de 30 minutos de jogo. Com um jogador a menos, o time de Diego Simeone teve que se fechar no segundo tempo, mas Salah colocou os Reds mais uma vez na frente. 

O primeiro ato

O Wanda Metropolitano pulsava. O Atlético precisava provar  que o Liverpool podia, sim, ser batido - assim como conseguiram nas oitavas de final da mesma competição em 2020. Já o time de Jürgen Klopp queria passar a borracha nesse jogo e escrevê-la com um final mais feliz.

O início do primeiro tempo já mostrava que os visitantes não foram a Madrid a passeio. Logo aos 8 minutos, Mohamed Salah abria o placar após assistência de Robertson e aos 13', Keita já fazia o segundo dos ingleses. Porém, a Atlético não venderia a vitória tão barato assim. 

Aos 20', Antoine Griezmann desviou o chute forte de Koke para dentro do gol e pouco depois, aos 34',  empatou a partida em bela jogada com João Félix.

Os números do primeiro tempo mostram que o Atlético tentou mais, mas quem tinha a bola era o Liverpool. Apesar dos 70% de posse de bola, os visitantes conseguiram acertar dois dos quatro chutes em direção ao gol de Oblak. Já do lado do Atleti, quatro das cinco finalizações encontraram a meta de Alisson. 

Resumindo: um primeiro tempo muito bom e emocionante e um segundo tempo que prometia ainda mais emoções.

De herói a vilão

O nome do primeiro tempo com certeza foi Antoine Griezmann, autor dos dois gols de empate. Porém, aos 52 minutos, o atacante francês foi expulso após um pé alto que acertou o rosto de Roberto Firmino - que tinha entrado no intervalo. 

Com um a mais, o jogo virou. O Liverpool começou a sair mais pro ataque e finalizar de fora da área. Até que, aos 78', Diogo Jota foi derrubado na área por Hermoso e o juíz marcou pênalti. Na cobrança, Salah foi firme e colocou o time comandado por Klopp mais uma vez na frente. 

Pouco tempo depois, aos 82', mais um pênalti - só que a favor do Atleti. Giménez foi derrubado por Jota quando ia chegar na bola e o juiz marcou o pênalti. Porém, na conferência do VAR ele mudou sua decisão e  cancelou o pênalti. O lance gerou muita irritação do lado colchonero. 

Os números do segundo tempo mostram que a expulsão de Griezmann fez a diferença no jogo. Enquanto os  visitantes acertaram quatro de sete chutes no gol de Oblak, o Atlético pouco fez na etapa final e acertou apenas uma de três finalizações no gol de Alisson. 

Classificação e próximos jogos

Com a vitória, o Liverpool continua na liderança do Grupo B, com nove pontos em três rodadas. Já o Atlético permanece em segundo, com quatro pontos. 

Pela quarta rodada do Grupo B, que acontecerá no dia 03 de novembro, os dois times voltam a se encontrar em Anfield às 17h (horário de Brasília). 

VAVEL Logo