City derrota United em derby de Manchester no Old Trafford
Foto: Divulgação / Manchester City

Valendo pela 11ª rodada da Premier League 2021-22, tivemos mais um derby para a conta: Manchester United e Manchester City encontraram para mediram forças no Old Trafford na manhã deste sábado (06). Depois da vitória no fim de semana passado, Ole Gunnar Solskjaer tinha um pouco menos de pressão no comando dos Red Devils. Já do outro lado, Pep Guardiola precisava voltar a vencer após perder para o Crystal Palace na última rodada. 

Deu City. Os visitantes dominaram o jogo inteiro e, em um primeiro tempo muito acima, conseguiram construir a vitória por 2 a 0 com gols de Bernardo Silva e um contra de Baily. Com a vitória dos Cityzens, a sequência de quatro jogos sem vencer o arquirrival (três derrotas e um empate) foi quebrada.

O show português

Era um derby diferente. Do lado do time da casa, o futebol que o time tem apresentado recentemente não agrada quase ninguém e isso fez com que Solskjaer sofra muita pressão - principalmente da torcida. Porém, depois de vencer o Tottenham na última rodada da Premier League e empatar com a Atalanta fora de casa na Champions League, o derby poderia ser o ponto chave para mudar a temporada inteira. Do outro lado, o City também não vivia seus dias de glória e o que provou isso foi a derrota para o Crystal Palace em casa na última semana. 

Os primeiros minutos de jogo já mostravam que o jogo seria bem complicado para os donos da casa. Aos 6 minutos, João Cancelo cruzou uma bola e Baily tentou tirar, mas acabou se atrapalhando e jogando a bola pro próprio gol. 

A primeira grande chance do United foi aos 25'. Após cruzamento de Luke ShawCristiano Ronaldo tentou finalizar na grande área, mas Ederson fez excelente defesa impedindo o empate. Enquanto isso, De Gea também era acionado: aos 28' ele defendeu o chute à queima roupa de Gabriel Jesus e, logo em seguida, o chute de Cancelo. 

Só dava City. De Gea fazia um bom jogo, com excelentes defesas e evitando uma goleada, mas a defesa não ajudava muito. Aos 44 minutos, Cancelo cruzou na área e, aproveitando o erro de  Shaw, Bernardo Silva se esticou todo para tocar para o fundo da rede.

Os números do primeiro tempo mostram bastante a dominância dos cityzens, apesar de apenas 2 a 0 no placar.  Além de 68% de posse de bola, o time de Guardiola acertou cinco das 10 finalizações no gol de De Gea. Do outro lado, um United apático que finalizou apenas três vezes no primeiro tempo, acertando uma no gol. 

O segundo tempo não foi muito diferente. Mesmo com o City diminuindo um pouco sua força lá na frente, teve o total controle da partida. Quase ampliou no final do jogo com Stones e Foden, mas a bola bateu na trave nas duas vezes. Do outro lado, o United fez mudanças: entraram Rashford, Sancho e Van de Beek, mas elas não conseguiram mudar muita coisa. Cristiano Ronaldo ficou completamente isolado na frente  e quase não viu a cor da bola o jogo inteiro. 

Os números da segunda etapa mostram bastante a dominância dos visitantes e do United bem abaixo.  Além de 67% de posse de bola, o time de Guardiola não acertou nenhuma das seis finalizações no gol de De Gea. Do outro lado, o United também não conseguiu acertar nenhum dos dois chutes no gol de Ederson. 

Classificação e próximos jogos

Com a vitória, o City assume a  vice-liderança com 23 pontos, cinco a menos que o líder Chelsea. Já o United permanece  na quinta colocação, com 17 pontos - mas pode ser ultrapassado ainda nesta  rodada.

Com a chegada da data FIFA, os  dois times voltam aos gramados pelo Campeonato Inglês no final do mês. No sábado (20), às 12h, o United visita o Watford no Vicarage Road. Enquanto isso, no domingo (21), o City enfrenta o Everton em casa.

 

VAVEL Logo