Caxias vence Juventude pela terceira vez consecutiva e avança às semifinais do Gauchão
Atacante Gilmar comemora gol da classificação da equipe Grená (Foto: Geremias Orlandi / S.E.R Caxias / Divulgação)

O Caxias está na semifinal do Campeonato Gaúcho. Na manhã deste domingo (09), no Estádio Centenário, a equipe Grená venceu (pela terceira vez consecutiva) o clássico Ca-Ju 283 pelo placar de 1 a 0, pela partida de volta das quartas de final do Gauchão, mesmo placar dos dois primeiros clássicos do campeonato. Gilmar marcou o único gol da partida aos 37 minutos do 1º tempo, classificando o Caxias entre os quatro melhores do Estadual.

Novamente a partida foi marcada por jogadas ríspidas e até violentas, como foi o caso de uma dividida entre o lateral Pará do Juventude e Gian do Caxias. Aos 26 minutos do primeiro tempo. Pará foi expulso após dar uma cotovelada no rosto do atleta grená. No segundo tempo o zagueiro Jean do Caxias também foi expulso depois de uma jogada mais forte.

O clássico começou equilibrado, com as duas equipes apostando na marcação. Enquanto teve 11 jogadores em campo, o Juventude até conseguiu conter a equipe do Caxias. Protegendo o meio-campo, com marcação forte sobre Elyeser e Wagner,  em um primeiro momento dificultou muito a transição da equipe Grená, que pouco criou.  Aos 10 minutos, em cobrança de falta, Pará finalizou longe do gol de Pitol. A primeira chance grená foi aos 13. Júlio César tabelou com Gilmar e finalizou alto sobre o gol.

A partir da metade do primeiro tempo, o Juventude começou a perder a estabilidade emocional. Em jogada no ataque alviverde, Gian e Pará dividiram e o lateral do Juventude deixou o braço no lateral grená. Pará foi expulso e Pitol levou amarelo por reclamação. Com um jogador a mais, o Caxias tomou para si o controle da partida. Aos 31 minutos, Geninho cruzou da esquerda, Reis deixou a bola passar e Júlio César finalizou para fora. Aos 37 minutos, o Caxias abriu o placar. Em cobrança de escanteio de Reis, Gilmar antecipou a zaga e cabeceou. O goleiro Raul chegou a tocar na bola, mas não segurou:  1 a 0 para os donos da casa.

Expulsão complica Juventude de vez, Caxias vence e se classifica

No segundo tempo o Caxias começou pressionando. Aos 7 minutos, a primeira chegada, o Caxias chegou forte com Reis, que bateu e Raul espalmou. No rebote, Elyeser bateu da entrada da área pela linha de fundo. O Juventude respondeu com Caprini, que bateu cruzado e Marcelo Pitol segurou firme. Aos 28 minutos, uma boa chance do Juventude, em cobrança de falta, Ruan desviou para grande defesa de Marcelo Pitol.

Aos 30, Gian fez falta forte em Caprini e levou o vermelho direto, igualando o número de atletas em cada time. O lance fez o Juventude ganhar vida na partida. Aos 33, após falta cobrada na área, Pitol não conseguiu afastar e Murilo chutou. A bola bateu na defesa e saiu. Vacaria entrou na área pela esquerda, foi até o fundo e concluiu para mais uma importante defesa de Marcelo Pitol. Aos 43, Wanderson cruzou da direita e Murilo cabeceou na mão de Pitol. Nos minutos finais, o Juventude tentou pressionar, mas faltou força. 

Com o resultado, o Caxias está na semifinal do Gauchão e enfrentará o Internacional, o jogo de ida acontece no próximo sábado (15) no Estádio Beira-Rio e o de volta no domingo seguinte (23),  no Estádio Centenário, em Caxias . Para o Juventude, resta pensar na Série B do Brasileiro.

VAVEL Logo