Grêmio e Atlético-PR fazem jogo eletrizante, mas ficam no empate sem gols

Tricolor pressiona, Santos fecha o gol e Furacão, com um a menos, segura empate na Arena do Grêmio

Grêmio e Atlético-PR fazem jogo eletrizante, mas ficam no empate sem gols
Foto: Divulgação/Clube Atlético Paranaense
Grêmio
0 0
Atlético-PR
Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura (Alisson) ; Geromel, Bressan e Bruno Cortez; Arthur (Jael), Ramiro e Maicon; Luan, Everton e André. Técnico: Renato Gaúcho
Atlético-PR: Santos; Pavez, Thiago Heleno e Paulo André, Jonathan, Lucho Gonzalez (Bruno Guimarães), Rosseto e Carleto; Guilherme (Zé Ivaldo), Pablo (Éderson) e Guilherme. Técnico: Fernando Diniz
ÁRBITRO: Rafael Claus (FIFA-SP)
INCIDENCIAS: Segunda rodada do Campeonato Brasileiro Data: 22 de abril de 2018 (domingo) Horário: 19 hrs (de Brasília) Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre- RS Público Pagante: 22.049 Público Total: 23.894 Renda: R$ 688.660,00

Após vencerem na estreia do Campeonato Brasileiro Série A, o Grêmio recebeu neste domingo (22), o Atlético-PR, na Arena do Grêmio em jogo válido pela segunda rodada. E em um jogo bastante disputado, com bola no chão e organização tática as equipes ficaram no empate sem gols, o Furacão ainda acabou ficando com um a menos após Camacho ser expulso pelo segundo cartão amarelo.

A etapa inicial começou bastante animada, logo aos quatro minutos, Everton deixou Luan na cara do gol, o camisa 7, porém, acabou acertando a trave do Furacão. Aos 10 minutos, Léo Moura serviu André, que acabou chutando forte à esquerda do goleiro Santos. No lance seguinte foi a vez de Everton arriscar, mas Santos mandou para escanteio. 

O Grêmio seguia pressionando e, aos 26 minutos, Maicon chutou forte, Santos novamente apareceu para mandar para a linha de fundo. Aos 32, Ramiro lançou André que encontrou Luan na área. O camisa 7 passou pelo zagueiro, mas mandou por cima da trave. No lance seguinte, Arthur encontrou Luan livre na área, mas o atacante bateu para fora. O Atlético-PR chegou com perigo aos 46 minutos, mas Pedro Geromel fez um desarme na hora certa, dente da área evitando o gol.  E assim terminou o primeiro tempo. 

No segundo tempo o ritmo das equipes caiu um pouco, mas o time mandante novamente levou perigo aos cinco minutos. Geromel cruzou na cabeça de Everton, que mandou por muito pouco para fora. No lance seguinte, Alisson arriscou, mas mandou pra rede pelo lado de fora. Aos 10 minutos, foi a vez do CAP arriscar com Guilherme, que bateu colocado, mas a bola passou rente aos lado esquerdo da trave defendida por Marcelo Grohe. 

Aos 20, Luan bateu da entrada da área, com perigo, para fora. Aos 25, o Tricolor novamente chegou com perigo, mas o goleiro Santos estava atento. Porém, Camacho, do Atlético-PR recebeu cartão amarelo aos 25 e aos 28 minutos, e acabou sendo expulso. 

Com um a mais, o técnico Renato Gaúcho colocou Jael e tirou Arthur, deixando o time mais ofensivo. O Grêmio partiu para cima, já o Furacão em desvantagem numérica, adotou uma postura mais recuada, mas assustou nos contra-ataques. Mesmo o time mandante pressionando nos minutos finais, o zero a zero persistiu no placar. 

O Grêmio vaí até o Estádio Serra Dourada encarar o Goiás, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira (25), às 19h30 (de Brasília).  Já o Atlético-PR, só volta a campo no domingo (29), diante do Bahia, às 16hrs (de Brasília), na Arena Fonte Nova, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro