Recordar é viver: há cinco anos, Corinthians vencia São Paulo com golaço de Renato Augusto
Renato Augusto vinha voltando de lesão naquela partida (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)

O Majestoso, clássico paulista entre São Paulo e Corinthians que acontece neste sábado (21), em confronto válido pela 14° rodada do Campeonato Brasileiro das equipes que vivem momentos distintos na competição.

Enquanto o São Paulo está na briga pelo pelotão de cima, a equipe alvinegra ainda busca se reencontrar depois da saída de Fábio Carille dando lugar ao técnico Osmar Loss, que vem retomando a confiança com o decorrer da campanha.

Entretanto, no início da década, quem vivia um melhor momento era o Corinthians, onde faturou o Campeonato Brasileiro em 2011, sua primeira Libertadores e o bi-campeonato Mundial. Do lado do São Paulo, a equipe tricolor havia vencido a Copa Sul-Americana de 2012, o que levou os paulistas se esbarrarem na Recopa Sul-Americana de 2013, mais precisamente no dia três de julho.

Dito isto, a VAVEL Brasil relembra agora o primeiro duelo da decisão de dois jogos. O confronto de ida, aconteceu no Morumbi e fora decidido no Pacaembu.

Clássico paulista e decisão, combinação perfeita

Vindo embalado de um título do Campeonato Paulista, a equipe comandada por Tite, que apesar de jogar fora em casa, ainda tomou as rédeas do jogo, passando a incomodar o São Paulo em bolas paradas com Paulo André e Guilherme.

Os donos da casa, por sua vez, vieram a assustar aos 20 minutos, quando Luís Fabiano recebeu na linha de fundo e chutou para o gol de Cássio mesmo sem ângulo. O goleiro espalmou, mandando para escanteio.

Todavia, o Corinthians correspondeu à pressão e Romarinho arrancou em disparada pela lateral direita, cruzou rasteiro para dentro da área e Emerson Sheik chutou travado pela defesa. No rebote, Paolo Guerrero pegou a sobra e mandou de chapa para o fundo do gol, inaugurando o placar para o Timão e balançando as redes pela 13° vez naquela temporada.

Atrás do placar, o São Paulo passou a cadenciar seu jogo com Paulo Henrique Ganso pelo meio de campo, que buscava Aloísio e Luís Fabiano como referência dentro da área. Rodrigo Caio ainda disputou bola aérea com Guerrero dentro da área no final da segunda etapa, mas o zagueiro são-paulino mando para fora, encerrando as poucas tratativas do Tricolor nos 45 minutos iniciais.

No início da segunda etapa, o São Paulo começou a todo vapor. Aloísio arriscou um petardo de fora da área e Cássio aceitou o chute do 'Boi Bandido' espalmando para dentro do gol, com 40 segundos de jogo. 1 a 1.

Depois do empate, o Tricolor se mostrou superior e criava as melhores chances com Jadson e o próprio Aloísio, em bolas aéreas, o grande ponto fraco do Corinthians naquele ano.

O Timão só foi assustar aos 18 minutos, depois de sofrer pressionado em seu campo de defesa, Renato Augusto cruzou e Guilherme cabeceou firme, mas a bola caprichosamente bateu na trave.

Passando a trabalhar no contra-ataque e esperar a oportunidade, o Corinthians acertou a jogada e Edenilson saiu em disparada no meio de campo, abriu na ponta direita para Sheik que cruzou para Romarinho mergulhar de peito e acertar a trave.

Aos 30 minutos, Fábio Santos encontrou Renato Augusto entre os zagueiros, cruzou e o camisa 8 saiu de frente para o gol. No domínio, Renato viu Rogério Ceni adiando e mandou um toque sutil para encobrir o ícone Tricolor e colocar o Corinthians à frente do placar novamente. Um golaço.

O São Paulo tentou o empate, Luís Fabiano cruzou para dentro da área, a bola sobrou para Aloísio que girou chutando, mas Fábio Santos apareceu no meio da trajetória da bola e evitou o segundo gol são-paulino terminando a partida com vitória corinthiana.

No jogo de volta, que aconteceu no Pacaembu, o Corinthians repetiu o placar de 2 a 0 com gols de Danilo e Romarinho, faturando sua primeira Recopa Sul-Americana em 2013.

VAVEL Logo