Em momentos distintos, Corinthians e Fortaleza se enfrentam em Itaquera
Duelo no primeiro turno contou com o argentino Boselli fazendo um dos gols da vitória corintiana (Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians)

Faltam apenas oito jogos para o término do Campeonato Brasileiro. As famosas disputas na parte de cima e de baixo da tabela de classificação se acirram. Não será diferente em Itaquera. Na partida entre Corinthians e Fortaleza, nesta quarta-feira (6), às 19h30, na Arena Corinthians, o famoso "Itaquerão", válida pela 31ª rodada, o Timão tenta reencontrar o caminho das vitórias, ao passo que o Leão busca roubar pontos diante da conturbada situação do time paulista.

A equipe de Parque São Jorge ocupa a 8ª posição, com 45 pontos. Está fora do G-6 e luta por vaga na próxima edição da Libertadores. Ao todo, são 12 empates, time que mais empata na competição ao lado do Cruzeiro. São 26 gols sofridos, quarta defesa menos vazada do certame, atrás somente de São Paulo, Palmeiras e Flamengo.  

No segundo turno, o Timão está na 13ª colocação, tendo somado apenas 13 pontos. São três vitórias, quatro empates e quatro derrotas levando em consideração o returno do Brasileirão Série A. 

Sem Fábio Carille, demitido após série de maus resultados e declarações controversas que culminaram na goleada por 4 a 1 diante do líder Flamengo, a equipe de Parque São Jorge está em tratativas avançadas com o técnico Tiago Nunes e pretende anunciá-lo o quanto antes como seu novo treinador para 2020. Alçado à primeira prateleira do futebol brasileiro em virtude das conquistas da Copa Sul-Americana 2018 e Copa do Brasil 2019 no comando do Athletico-PR, o técnico, gaúcho de Santa Maria, já se despediu dos jogadores e funcionários do Furacão. 

Na última terça-feira (5), Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol do Corinthians, não confirmou acerto com o treinador, mas sinalizou que a situação está bem encaminhada. 

Por ora, quem comanda interinamente o Timão é Dyego Coelho, que atuou como lateral-direito do Corinthians e dirige a equipe Sub-20 do clube paulista. Coelho já esteve na comissão técnica do time principal como auxiliar de Osmar Loss e Jair Ventura em 2018. Agora, na estreia como técnico da equipe profissional, ele não terá à disposição o goleiro Cássio, com dores no lado esquerdo do quadril, o lateral-direito Fágner, com dores musculares no músculo posterior da coxa direita, e o atacante Vagner Love, com estiramento na perna direita, fica fora pelo terceiro jogo consecutivo. O zagueiro Manoel, que perdeu a última partida por dores musculares, ainda não tem sua escalação confirmada e pode ser opção no banco de reservas.

A tendência é que Coelho seja mantido no cargo até dezembro. Aos 36 anos, o técnico do Sub-20 e atual interino corintiano se notabiliza pelo estilo ofensivo de jogo, que vem implantando nas categorias de base do Timão. Adepto da marcação pressão no campo do adversário, o ex-jogador é visto como um técnico que preza pelo grau elevado de exigência em relação aos seus comandados. 

"Tenho 36 anos de idade, tenho muito o que aprender. Sou funcionário do clube, o que pedirem para fazer, vou fazer. Claro que todo mundo que começa como treinador sonha em chegar a um time grande. Já tenho responsabilidade grande, as coisas pegam lá no Sub-20. Não preciso virar a chave, estou no clube há mais de 20 anos, já fiz muita coisa errada, sei muito bem como funciona a base e o profissional. São questões que a gente precisa se adaptar o mais rápido possível. Sei o que a torcida quer, sei o que os jogadores precisam para trazer a torcida de volta. O clube eu conheço bem, não preciso virar a chavinha", comentou Dyego Coelho.

Provável escalação do Corinthians: Walter; Michel Macedo, Manoel (Bruno Méndez), Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Júnior Urso; Mateus Vital, Pedrinho e Janderson; Boselli. Técnico: Dyego Coelho.

De acordo com o comandante interino, a reversão do panorama passa diretamente pela mudança no comportamento aliada ao trabalho mais intenso desenvolvido no primeiro treino.

"A grande mudança é comportamental. O comportamento tem que ser mudado o mais rápido possível. Treinamos forte e já deu para perceber mudanças. O treino que fizemos mostra o que pedi para eles e o que quero sempre. São grandes jogadores, são homens, têm história ali dentro. Isso que procuro fazer por eles. Têm um grupo qualificado e com muita vontade de dar a volta por cima", finalizou.

Sequência de oito partidas sem vitórias: Grêmio 0 a 0 Corinthians; Corinthians 2 a 2 Athletico-PR; São Paulo 1 a 0 Corinthians; Goiás 2 a 2 Corinthians; Corinthians 1 a 2 Cruzeiro; Corinthians 0 a 0 Santos; CSA 2 a 1 Corinthians; Flamengo 4 a 1 Corinthians. São, portanto, quatro empates e quatro derrotas no somatório total da série. 

Leão de olho 

Sem perder há quatro partidas e vindo de dois bons resultados longe da Arena Castelão, quando empatou por 1 a 1 com o Cruzeiro e venceu o Avaí pelo placar de 3 a 1, o time do técnico Rogério Ceni mira aproveitar o mau momento pelo qual atravessa o Corinthians para trazer um bom resultado. O atacante André Luís, por questões contratuais, será desfalque. Edinho, que ficou de fora pelo mesmo motivo no empate diante do Atlético-MG, retorna ao time. 

No discurso, Ceni não ofereceu armas ao seu antigo rival dos tempos em que atuou como goleiro defendendo as cores do São Paulo. 

"Não acredito que dê para tirar proveito da situação do Corinthians. Produz aquilo sempre, veio aqui e venceu a gente. É um jogo que para qualquer equipe é muito difícil", avaliou. 

No primeiro turno, Leão e Timão duelaram no Castelão, no dia 28 de julho, em partida válida pela 12ª rodada. Na ocasião, os paulistas venceram, de virada, por 3 a 1, em atuação de gala do jovem Pedrinho, que fez gol e deu assistência para Boselli. O lateral-esquerdo Danilo Avelar também marcou para o Corinthians. O gol dos cearenses foi marcado pelo zagueiro Manoel, contra. 

Na 12ª posição, com 36 pontos, o Fortaleza se encontra na zona de classificação para a Sul-Americana. Além disso, são cinco pontos de distância para o Fluminense, equipe 17ª colocada, que abre o Z-4. 

Como visitante, o Leão está na 11ª posição. No segundo turno, está na frente do Corinthians, adversário desta quarta-feira. Localiza-se na 10ª colocação, tendo somado 14 pontos (quatro vitórias; dois empates e cinco derrotas). 

Em virtude da sequência pesada de viagens, jogos e o Clássico-Rei diante do Ceará, no próximo domingo (10), Rogério Ceni deverá promover o tradicional rodízio de jogadores, a exemplo do realizado na derrota para o Flamengo e em outras situações. Os atletas pendurados com dois cartões amarelos no Tricolor do Pici são Gabriel Dias, Carlinhos, Jackson, Marlon e Osvaldo. O atacante Felipe Pires não foi relacionado para a partida. 

Dessa forma, Tinga; Paulão; Bruno Melo; Araruna; Nenê Bonilha e Kieza podem aparecer entre os titulares nas vagas de Gabriel Dias; Jackson; Carlinhos; Felipe; Juninho e Osvaldo, respectivamente. 

Provável escalação do Fortaleza: Felipe Alves; Tinga, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Felipe, Juninho; Romarinho, Edinho, Osvaldo e Wellington Paulista. Técnico: Rogério Ceni.

A equipe cearense não perde há quatro partidas: Fortaleza 2 a 1 Grêmio; Cruzeiro 1 a 1 Fortaleza; Avaí 1 a 3 Fortaleza e Fortaleza 2 a 2 Atlético-MG

Arbitragem

O árbitro de campo será Caio Max Augusto Vieira, do Rio Grande do Norte/RN. Auxiliado por Alessandro Alvaro Rocha de Matos, da Bahia, e com o escudo da FIFA, e Jean Marcio dos Santos/RN. O árbitro de vídeo será Adriano Milczvski, do Paraná. 

O jogão promete

Você acompanha todas as emoções, minuto a minuto, a estreia de Coelho no comando do time paulista, reencontro de Rogério Ceni com seu tradicional rival Corinthians, o conturbado Timão enfrentando o embalado Fortaleza no Tempo Real da VAVEL. Fique ligado(a)! 

MEDIA: 5VOTES: 2
VAVEL Logo