Na volta do Paulistão, reservas do Santos ficam no empate com Botafogo-SP
Foto: Ivan Stort) Santos FC

No retorno do Campeonato Paulista, o Santos, que foi a campo com time reserva, ficou no empate sem gols com o Botafogo-SP, na Vila Belmiro, em jogo válido pela nona rodada do estadual. As equipes até tentaram, o Peixe teve um gol anulado aos 11 minutos do primeiro tempo, mas o empate persistiu até o final da partida.

Santos é melhor, abre o placar, mas VAR anula o gol

Mesmo com um time totalmente reserva, o Santos começou melhor a partida. E teve boas chances, com Jean Mota cobrando falta da entrada da área e o goleiro Igor mandando para escanteio. 

E aos 11 minutos a equipe santista abriu o placar. Após cobrança de falta da esquerda, Luiz Felipe desviou de cabeça para o gol e marcou. O árbitro deu o gol, mas, após dois minutos, o VAR anulou marcando impedimento.

Depois do gol anulado, o Botafogo cresceu na partida e passou a pressionar a equipe santista. Aos 16 minutos, Sandro errou passe, Emerson aproveitou e deu bom lançamento para Richard nas costas da zaga, invadiu a área e chutou por cima do gol, perdendo a grande chance do jogo. 

Aos 29, Richard chutou da entrada da área, John defendeu e a bola ainda bateu no travessão antes de sair para escanteio.

O Santos só voltou a ameaçar aos 43 minutos, em chute de Jean Mota defendido pelo goleiro Igor, e aos 46, em chute de Ângelo que saiu à esquerda do gol do Botafogo.

Retornos importantes e placar segue zerado

Percebendo que o Botafogo estava melhorando, Ariel Holan voltou com alterações logo após o intervalo. Vinícius Balieiro entrou na vaga de Sandro para tentar melhorar a qualidade do passe e a dotação ofensiva da equipe Santista. Depois veio a entrada de Kaio Jorge, que após dois meses fez a sua estreia na temporada 2021, após se recuperar de lesão. 

Mas Vinícius Balieiro, que estava bem na partida e havia acabado de entrar, sofreu uma falta e machucou o joelho. Ele saiu de campo para atendimento, mas retornou.

E após ver que ele estava mancando, teve de ser substituído e preocupa a equipe santista que já não conta com Sandry, que só retorna entre seis a nove meses, e Carlos Sanchez que voltou aos treinos nesta semana, após se recuperar de uma lesão.

Copete então reestreou na equipe após alguns meses sem entrar em campo. O jogador se recuperou recentemente da Covid-19 e teve que se "sacrificar" na lateral-direita, já que Madson não foi inscrito no Campeonato Paulista.

Outros que fizeram suas reestreias pelo Santos foram Renyer e Lucas Venuto, que teve a melhor chance do jogo, mas se enrolou com Kaio Jorge e não conseguiu finalizar. E o placar de 0 a 0 persistiu até o fim.

Como fica?

Com o resultado, o Peixe chega a seis pontos e assume a vice-liderança do grupo D. Na próxima rodada, sexta-feira (16), o Santos visita a Ponte Preta, em Campinas.

Antes, a equipe enfrenta o San Lorenzo, terça-feira, no Mané Garrincha, em jogo válido pela terceira fase da Copa Libertadores. O Peixe joga pelo empate para avançar à etapa de grupos da competição continental. Já o Botafogo, visita o Ituano, na quarta-feira (14), às 22h.

VAVEL Logo