Grêmio vira e vence o primeiro GreNal das finais do Campeonato Gaúcho
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Inter recebeu a equipe do Grêmio no Beira-Rio, em jogo válido pela primeira partida da final do Campeonato Gaúcho. Thiago Galhardo marcou para o Inter na primeira etapa, Diego Souza e Ricardinho marcaram para o Grêmio na segundo tempo. Com a vitória, o tricolor saiu com a vantagem para o próximo jogo da final que ocorre no domingo (23), na Arena do Grêmio.

  • Inter é eficaz no primeiro tempo

O primeiro tempo começou com as equipes estudando bastante. Com propostas bastante parecidas, Inter e Grêmio finalizaram poucas vezes. Logo no início da partida, Nonato saiu cara a cara com Brenno e caiu na área, os jogadores do Inter reclamaram de pênalti mas Daronco mandou o jogo seguir. Com um domínio na posse de bola nos primeiros 30 minutos de jogo, o meio campo do Inter foi superior ao meio campo do Grêmio. O gol do Inter saiu de um lançamento perfeito de Victor Cuesta para Edenilson, que encobriu o goleiro Brenno para Thiago Galhardo empurrar para o fundo das redes. Após sofrer o gol, o Grêmio subiu suas linhas de marcação e começou a atacar o Internacional. Em um jogo de xadrez, o Inter deu xeque no Grêmio na primeira etapa.

Com um meio campo pesado, o Grêmio apostava nas jogadas individuais de Ferreira, que incomodou bastante a defesa colorada, mas que não conseguiu criar grandes chances de gol. O Grêmio pecava no último passe. Após perder Luiz Fernando, Léo Pereira entrou mas não conseguiu o destaque esperado. A grande chance do Grêmio saiu dos pés de Matheus Henrique, que recebeu após Diego Souza ganhar da defesa colorada e deixar o camisa 7 gremista livre para marcar. No entanto, Matheus Henrique chutou em cima de Marcelo Lomba e perdeu a melhor chance de gol do Grêmio na partida.

  • Grêmio cresce na segunda etapa e consegue a virada na bola aérea

As equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações. Em desvantagem no placar, o Grêmio voltou com uma postura ofensiva para o segundo tempo e conseguiu empatar a partida com Diego Souza. Após cobrança de falta de Lucas Silva, o centroavante do Grêmio subiu mais alto que todo mundo e cabeceou para o fundo das redes. Com o gol sofrido, o técnico do Inter colocou peças ofensivas para tentar retomar o controle da partida e chegou com perigo em duas oportunidades com Caio Vidal, que entrou no lugar de Thiago Galhardo. A posse de bola foi bastante parelha nesse segundo tempo e o jogo começou a ficar lá e cá.

Com alguns jogadores cansados, Tiago Nunes resolveu modificar a equipe do Grêmio e recheou o time com jogadores da base. Darlan entrou no lugar de Maicon e deu um fôlego para o meio campo do tricolor. Por outro lado, Miguel Ángel Ramírez tirou Nonato, que fazia grande partida, para colocar Marcos Guilherme. As substituições no Grêmio surgiram efeito e o tricolor manteve um controle maior da partida e tinha êxito nas roubadas de bola. E o gol da virada do Grêmio saiu de uma roubada de bola dos volantes e o gol veio de um dos garotos da base, o centroavante Ricardinho. Após cruzamento de Léo Pereira, Ricardinho ganhou de Lucas Ribeiro no alto e cabeceou para o fundo das redes do goleiro Marcelo Lomba. 

O Internacional quase chegou ao gol de empate em um lance inacreditável no finalzinho do jogo. Caio Vidal chutou cruzado e a bola sobrou para Praxedes, que acertou o travessão e a bola continuou viva até Brenno salvar o Grêmio. 

  • E agora?

Com a vitória, o Grêmio sai em vantagem na decisão, que ocorrerá no próximo domingo (23), na Arena do Grêmio. No entanto, as equipes entram em campo no meio de semana pelas competições internacionais. O Inter visita o Olímpia no Paraguai e tem decisão pela Copa Libertadores da América. Já o Grêmio, viaja até a Venezuela para enfrentar o Aragua pela Copa Sul-Americana.

VAVEL Logo