América-MG e Botafogo ficam no empate pelo Brasileirão
Foto: Mourão Panda/América

Na noite deste sábado (21), o América-MG empatou com o Botafogo por 1 a 1, em casa, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. O Coelho saiu na frente com Aloísio e Erison empatou para o Glorioso.

Movimentado, acelerado e polêmico

O primeiro tempo começou bastante movimentado nos primeiros minutos, com o Coelho fazendo pressão e buscando o ataque, apesar de sem tanto sucesso. Do outro lado, a equipe do Botafogo trabalhava melhor a bola, progredindo aos poucos rumo à área adversária.

No primeiro terço de jogo, ambas as equipes chegaram ao ataque, mas nenhuma com muito perigo. A primeira chance realmente clara aconteceu com o relógio beirando os 20 minutos, pelos pés de Lucas Kal. O jogador recebeu um bom passe pela ponta esquerda, na entrada da área, e bateu rasteiro no gol. Gatito, bem posicionado, buscou a bola sem grandes problemas. O Botafogo tentava responder às investidas do América, mas não conseguia conectar os últimos passes.

Batendo os 30 da primeira etapa, o Coelho passou a agredir mais no campo de ataque, parecia acostumado com o posicionamento da equipe alvinegra, que por diversas vezes tinha a bola, mas não conseguia progredir ao passar do meio campo, pois o Coelho se fechava bem. Quando com a bola, os donos da casa assustavam mais o goleiro adversário, principalmente com Felipe Azevedo

O Coelho chegou a fazer dois gols ainda na primeira etapa, mas a arbitragem assinalou impedimento em ambos. No primeiro, corretamente. No segundo, o VAR chamou o árbitro para revisar e mudou a marcação de campo, confirmando o gol. Aloísio, o Boi Bandido, em ótima jogada pela ponta direita abriu o placar no último terço do primeiro tempo, fazendo seu primeiro gol com a camisa do Coelho.

Volume, intensidade e empate

As equipes retornaram para o segundo tempo com posturas um pouco diferentes. A equipe carioca voltou mais ofensiva e quase conseguiu empatar rapidamente. Em um ótimo contra-ataque, Victor Sá foi para o duelo, passou do marcador e cruzou na segunda trave, mas ninguém alcançou. Primeiro susto, antes de um minuto.

A intensidade se manteve durante um bom tempo, porém, o jogo ficou bem truncado. As equipes não chegavam ao ataque com boas oportunidades, já que muitos erros de passes dificultavam a evolução das investidas. O jogo, apesar da intensidade, ficou bem morno em questão de futebol apresentado. 

Diferente do que era visto na primeira etapa, o Botafogo passou a jogar, depois das mexidas, com uma linha de cinco jogadores mais ofensivos quando com a bola. O Florioso queria a todo custo buscar o gol de empate e quase conseguiu aos 30. Luis Oyama recebeu na entrada da área, próximo da ponta direita, mas na finalização a bola explodiu na placa de publicidade, assustando Jailson.

O ritmo do jogo mudou completamente na marca dos 40 minutos, quando em cobrança de escanteio, Erison subiu mais do que todo mundo e mandou a bola no cantinho de Jailson, empatando a partida para o Botafogo. Com isso, encorajado pelo gol de empate, a equipe não parou de buscar o ataque um segundo e trazendo enorme preocupação para a defesa do Coelho.

Já nos acréscimos, Victor Sá teve a chance de virar para o Glorioso, mas Jailson operou um milagre no Horto. Na sequência, Erison bateu de direita após cortar o marcador e novamente, o goleiro americano fez a defesa. O Botafogo martelou bastante, mas ficou no quase, até o apito final.

Situação das equipes e próximos confrontos

Com o empate, Botafogo entrou no G-4, mas pode perder a posição até o fim da rodada. O América caiu para oitava posição.

O América-MG volta a campo na quarta-feira (25), contra o Independiente Del Valle no Equador, às 21h, pela Copa Libertadores. O Botafogo só joga no domingo (29), contra o Coritiba, em Curitiba, às 16h.

VAVEL Logo